Fique por dentro! Assine nossa newsletter

11/30/2020
Por
MJV Team

Digital sem fronteiras: a urgente aceleração da transformação digital em todos os mercados

Imaginamos que você já saiba que a Transformação Digital é uma necessidade. E é urgente para todas as empresas. Não tem para onde correr: é hora de arregaçar as mangas e cocriar o futuro. E ele vem em 3 palavras: digital sem fronteiras. Saiba por onde começar nesse artigo!

A pandemia acelerou de maneira inimaginável a Transformação Digital. As empresas que já estavam nessa jornada foram forçadas a acelerar o processo. As organizações que ainda não tinham abraçado essa causa… Bom, essas estão em apuros e precisam mergulhar nessa era digital com urgência.  

Sim, é uma questão de sobrevivência ou o total esquecimento.

Sobre isso, a BDO Digital foi cirúrgica ao afirmar que:

“Se havia quaisquer dúvidas remanescentes sobre a necessidade de transformação digital para a longevidade dos negócios, o coronavírus as silenciou.”

Porém, não há nenhum motivo para pânico. Vamos alinhar 2 pontos antes de seguir com a leitura, ok?

  1. Em meio a esse turbilhão, é possível identificar oportunidades e gerar muito valor para seus clientes e negócio. 
  1. Não há outro caminho a não ser acelerar a jornada da Transformação Digital para finalizar de vez a transição para uma Economia Digital. Afinal, a Economia pós-transformação digital já começa a dar sinais.  

Pontos alinhados. Agora vamos entender o motivo da Transformação Digital ter sido tão acelerada, virando a prioridade em todos os kanbans praticamente do dia para a noite. Acompanhe!

Por que só há olhos para a Transformação Digital?

Acreditamos que você sabe que a transformação digital é uma realidade para a maioria das pessoas e empresas – e um desafio para aqueles que ainda não a dominam. 

A Covid-19 e todos os desdobramentos da pandemia mostraram que a transformação digital não é apenas um processo ou uma realidade, mas uma necessidade – especialmente em tempos tão voláteis como os que vivemos. A crise não se concentrou no mercado corporativo. Pelo contrário, exigiu uma aceleração da transformação em quase todos os aspectos de nossas vidas.

Um exemplo palpável do que estamos falando: 

Em março deste ano, pelo menos um terço da população mundial já estivera em algum tipo de restrição social, segundo balanço da agência France Presse – AFP.
Estamos falando de 2,8 bilhões de pessoas afastadas das suas habituais rotinas, experimentando uma série de novas soluções para antigas necessidades: ir ao banco, ao médico, cuidar da educação dos filhos, trabalhar, fazer compras no supermercado e até socializar com os amigos. 

Fica muito claro que isso vai impactar diretamente o comportamento social, das empresas, dos países e do mundo todo. O presente virou um mar de incertezas. Mas já o novo curso das transformações já começa a clarear no horizonte. 

Veja o insight que veio da nossa pesquisa Novo-Normal em Construção. 

“Até agora, aqueles que estavam à margem da sociedade, especialmente nos países em desenvolvimento, poderiam se sustentar vivendo ‘fora da grade digital’. 

No entanto, as consequências de crises como a da Covid-19 significam que esses retardatários digitais não têm outra opção senão se conectarem, a fim de realizar com segurança tarefas essenciais do dia a dia. 

Abrir contas digitais para receber suporte ou simplesmente solicitar compras. À medida que a alfabetização digital aumenta, as empresas podem tirar proveito desse novo ‘mercado’ e desenvolver esse relacionamento atualmente inexistente com novos produtos.”

Essa pesquisa foi realizada com o objetivo de entender a fundo o novo curso que as mudanças vão trazer nos próximos anos e guiar os negócios nessa transição. Nossa área de Inovação Antecipatória mergulhou nas incertezas do presente para ter uma compreensão melhor do futuro. 

Todos os achados foram analisados, organizados, debatidos e priorizados por meio da nossa metodologia de Futures Studies. Para mergulhar mais profundamente na construção – e desconstrução – desse tão falado Novo-Normal, acesse nossa pesquisa aqui!

*

Digital sem fronteiras: surge um novo mundo 

Em meio a uma confusão mundial, um novo agente aparece. A hiper-digitalização leva a uma hiper-aceleração da economia digital com várias demandas emergentes. Por exemplo: 

  • trabalho remoto e distribuído 
  • o império de escritórios domésticos e reuniões de zoom 
  • comércio eletrônico automatizado 
  • sistemas de entrega que, combinados ao trabalho remoto, permitem a muitos sonhar em mudar para territórios menos habitados sem perder o contato com a civilização 
  • consumo, entretenimento e telecomunicações existentes em um nível totalmente novo 
  • tecnologia que nos permite conhecer virtualmente e ainda poder mover, apresentar, compartilhar slides e emoções 
  • ambientes de RV e AR que “substituem” cinemas, lojas e até salas de conferência

Nasce um mundo digital sem fronteiras

Nesse sentido, quando falamos de transformação digital, as pessoas do setor normalmente usam o termo phygital: uma mistura de interação física + digital. E aqui fica um spoiler do futuro: o físico está prestes a perder espaço nessa mistura. 

Aqui temos dois pontos importantes que valem ser anotados na sua agenda:

  • Alfabetização digital é, agora, obrigatória para todos os que vivem no planeta Terra.
  • Independente do futuro que você quer para o seu negócio, ele estará alicerçado na Transformação Digital. 

Digital first: a segunda etapa da Transformação Digital

Você já deve saber, mas vale ressaltar: a Transformação Digital não se trata apenas da adoção de tecnologias emergentes. Esta é uma mudança organizacional, uma transformação cultural. O mindset depois dela será outro. 

A Transformação Digital é muito mais do que a adoção de tecnologias

Acredite: olhar para a Transformação Digital dessa forma simplista não trará os resultados que as organizações precisam para navegar no novo normal. 

Estamos frente a frente com o mindset que vai mudar por completo a forma com que vivemos. A tecnologia é fundamental, mas sozinha não destrava o potencial disruptivo. 

Essa revolução é uma concepção e traz a mentalidade digital first à tona. 

Rumo ao 100% digital: por onde começar 

Os negócios que pretendem estar aqui nos próximos anos devem pensar em todos os processos da sua empresa operando digitalmente. Desenhar esse novo escopo de trabalho é uma prioridade para 2021, mas tenha em mente que o trabalho não é trazer a lógica do negócio offline para o digital. 

Há uma infinidade de oportunidades para desenvolver novas frentes para seu modelo de negócio em um cenário 100% digital. A MJV pode cooperar com sua empresa em 2 frentes cruciais para essa virada de chave. Vamos lá: 

1- Entender e mapear todo o seu negócio para identificar as oportunidades, áreas e processos que podem ser beneficiados com a tecnologia. 

2- Construir uma estratégia para aculturar o processo de Transformação Digital – treinando e engajando os colaboradores para que a tecnologia esteja na essência da sua empresa. 

Veja: não estamos falando em apenas digitalizar o ambiente físico. Para se alinhar à Economia que surge pós-transformação digital, é preciso que o seu modelo de negócio no ambiente digital não seja meramente a representação do mindset que ele já tem no offline. Ele deve ser pensadamente digital. Ou melhor, digital-first.

É hora de co-criar o futuro!

Um cenário bem diferente do que o que estávamos acostumados aportou por aqui e colocou uma série de planejamentos na gaveta. 

Queremos deixar bem claro aqui: futuros são co-criados. Eles não aparecem sem ser anunciados. Co-criar o porvir é a solução para se alinhar às disrupções inerentes à evolução dos mercados e da própria sociedade. 

Como consultoria de tecnologia e inovação, estamos ajudando grandes players do mercado global a enfrentar a transformação digital e encaramos diversos desafios. 

Não tem para onde correr: a hora de construir o futuro é agora. Vamos juntos? 

EMAIL MKT 

Subject: Por que só há olhos para a Transformação Digital? E por que ela é tão urgente? 

Preview line: Descubra agora mesmo no blog post Digital sem fronteiras: a urgente aceleração da transformação digital em todos os mercados

Olá, ! Tudo bem? 

O termo “Transformação Digital” tem habitado todas as reuniões – digitais – no mercado corporativo. Mas por quê? 

  • As empresas que já tinham abraçado essa mudança tiveram que acelerar o processo. 
  • Já as corporações que ainda estavam resistentes… bem, essas estão em apuros. 

Mas não há motivo para pânico – só para correria, ok? É hora de arregaçar as mangas e virar a chave para o passo 2 da transformação digital: o digital sem fronteiras.

Quer saber mais sobre esse passo 2 e como criar um futuro mais alinhado com o mercado? O passo 1 é clicar nesse botão aqui embaixo!

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter