04/30/2019
By
MJV Team

Plano de Ação: implementando o Data Science na sua empresa

Como prometido, finalmente chegamos ao clímax da nossa saga sobre Data Science e a Guerra do Infinito. Já apresentamos o universo dos dados, as Joias do Infinito, Thanos e os nossos heróis.

O que falta? Mostrar plano de ação prático para quem acompanhou toda a aventura até aqui. É com a Ciência de Dados que você poderá derrotar o mindset analógico!

Mas a pergunta é: de que forma implementar o Data Science na sua empresa? Vamos contar o que deve priorizar. Acompanhe os 3 passos que montamos para você!

Como?

Data Science ainda é uma solução relativamente nova. Muitas organizações não sabem por onde começar. Outras acreditam já dominar o assunto, quando, na verdade, apenas possuem uma infraestrutura simples para banco de dados, mas ainda sem automação.

Afinal, o que priorizar para trazer a Ciência dos Dados para o seu negócio?

Transformação cultural: cultura data-driven

A tecnologia está transformando o mundo em que vivemos e, cada vez mais, está em em todos os lugares. No que consumimos, para onde olhamos e com o que interagimos. Tudo, de uma forma ou de outra, passa pelo uso da tecnologia. E isso gera dados, muitos dados.

As organizações não poderiam ficar de fora dessa transformação, certo? Os antigos modelos de negócio que funcionavam até então estão rapidamente sendo substituídos por serviços e produtos novos.

Um dos primeiros passos para implementar o Data Science na sua empresa é criar uma Cultura Data-driven, pois ela vai impactar diretamente o ambiente corporativo. Dados são o novo ouro do século XXI! Nesse sentido, a tecnologia vem para contribuir, transformando matéria bruta em diamante (ou, se preferir, em Joia do Infinito).  

Infelizmente, poucas empresas têm essa mentalidade. Um estudo publicado pela Harvard Business Review revelou o seguinte:

  • 72% das companhias ainda não criaram uma cultura de dados
  • 69% não tratam dados como um ativo comercial
  • 52% assumem que não fundaram uma organização data-driven
  • 53% dizem não estar competindo por análise de dados

Como forma de atender essa busca por otimizar processos e focar na experiência do usuário, estratégias como o Design Thinking e Metodologias Ágeis suprem a demanda das empresas para agregar valor ao negócio, aumentar a produtividade da equipe e entregar mais resultados.

Utilizar o Design Thinking combinado com as Práticas Ágeis faz com que a própria dinâmica da empresa esteja alinhada à cultura organizacional. Além disso, possibilita:

  1. Testar e melhorar um produto/serviço continuamente
  2. Criar tecnologias mais assertivas
  3. Agregar inovação às entregas
  4. Aprender com a experiência do usuário

Transformação Digital

Na prática, isso significa que precisamos alinhar os profissionais de todos os níveis organizacionais para que entendam a importância de tomar decisões com base em dados — do nível operacional ao estratégico.

A estratégia é provocar uma mudança estrutural nas empresas dando o papel principal para a tecnologia e para a inovação. Através dessa mudança estrutural, torna-se possível transformar negócios e criar um mindset digital – cada vez mais fundamental para a sobrevivência das corporações.

Com quem?

Capabilities

Para implementar o Data Science na sua empresa será necessário ter profissionais capacitados e qualificados. Infelizmente, cientistas de dados ainda são recursos caros e escassos. Além disso, não soa ágil ter apenas um ou dois data scientists na sua organização, certo?

Com poucos profissionais, muitos projetos ficariam engavetados e muitos processos não seriam atualizados. Claramente, a mão de obra de apenas um ou dois recursos não seria suficiente para modernizar uma empresa a curto prazo (na verdade, nem a longo prazo) – assim como um Vingador sozinho nunca conseguiria vencer as batalhas contra os vilões.

Nesse sentido, através do outsourcing torna-se possível contratar times robustos e multidisciplinares que, além de trazer uma perspectiva diferente para dentro da empresa, poderão colocar vários projetos em prática ao mesmo tempo, de forma sequencial e paralela.

Dessa forma, o outsourcing disponibiliza mais recursos, traz agilidade, reduz a estrutura operacional e, principalmente, diminui custos e agrega valor ao negócio.

Onde?

As aplicações e as vantagens do Data Science variam de acordo com o core business da sua empresa. O mesmo ocorre com a infraestrutura necessária para o colocá-lo dentro da sua organização: dependerá diretamente do escopo dos projetos que serão implementados.   

Porém, alguns itens são indispensáveis para dar os primeiros passos.

  • Infraestrutura
  • Servidores robustos
  • Computação na nuvem
  • Tecnologia
  • Inteligência Artificial e Machine Learning
  • Ferramentas com linguagem voltada para Data Science.

A grande maioria das empresas não possuem essa infraestrutura e procuram opções de outsourcing  para suprir essa necessidade através das Big Techs (como o Google e a Amazon).

A SUA EMPRESA PODE VENCER A GUERRA INFINITA

Os dados vêm cada vez mais impactando as empresas. Ignorá-los seria a mesma coisa que ignorar a existência do Thanos: não parece uma opção viável, certo?

A estratégia está em decidir de que forma a sua empresa vai lidar com esse impacto: modificando o mindset para uma cultura transformadora e deixando o Data Science guiar o caminho para a inovação ou se rendendo ao Thanos e sumindo em um estalar de dedos.

A metáfora não é muito distante. Como já falamos aqui, o Data Science tem um poder bem parecido com o das Joias do Infinito em termos de ordem de grandeza. Sua capacidade transformadora já é sentida em muitas corporações.

As joias que Thanos reuniu na manopla possuem um poder ainda maior quando usadas juntas. O mesmo ocorre com o Data Science. Utilizar todas as suas áreas e ferramentas junto com Design Thinking, Metodologias Ágeis e um time altamente qualificado pode ser o divisor definitivo entre o sucesso e a derrocada: é o que sua empresa precisa para vencer a Guerra Infinita contra o mindset analógico.  

A MJV possui essa expertise. A tecnologia e a inovação estão no nosso DNA e são pilares do negócio. Nossa missão é guiar clientes em direção ao futuro através de estratégias digitais, soluções inteligentes e inovação aberta.

CENA PÓS-CRÉDITOS: AÇÃO! OU MELHOR, IMPLEMENTAÇÃO!

Ainda não acabou! Não saia do cinema… na verdade, do blog da MJV.

A cena pós-créditos aqui não dá spoiler do próximo filme, mas mostra qual a próxima cena da sua empresa. Nela, você vai arregaçar as mangas e colocar as mãos à obra para implementar o Data Science no seu negócio.

Continue acompanhando a nossa série de blog posts Data Science: a Guerra Infinita. Na próxima postagem, traremos um infográfico posicionando os super-heróis da nossa saga e um canvas de inovação para você transformar a sua empresa de maneira estratégica.

Para aplacar a ansiedade, que tal dar uma olhada nos personagens que já passaram por aqui? Homem de Ferro, Visão, Thanos… Acompanhe a saga Data Science: Guerra Infinita e seja um herói na sua empresa!

Ebook Business Analyt

Voltar