Fique por dentro! Assine nossa newsletter

02/02/2021
Por
MJV Team

Descubra as aplicações práticas da VA e VR nos diferentes setores

Vamos começar esse artigo com algumas informações importantes que você precisa saber sobre Realidade Virtual (VR).

Em 2020, a Apple adquiriu uma empresa de streaming de eventos em Realidade Virtual. A companhia, chamada NextVR, registrava eventos como shows e jogos esportivos em VR. 

Para 2022, a gigante de tecnologia está trabalhando em seu primeiro headset de realidade virtual. Segundo a Bloomberg, a previsão é que o gadget apresente um ambiente digital interativo 3D para jogos, assistir a vídeos ou comunicação virtual. 

Tim Cook, CEO da Apple, afirma que tanto VR quanto VA têm muito potencial de mercado. Bem, e se ele está falando, quem somos nós para dizer o contrário, não é mesmo? Se a Apple está investindo nisso, precisamos voltar nosso olhar para essas tecnologias.

Por isso, preparamos esse artigo para você entender um pouco mais sobre o que é Realidade Virtual e Realidade Aumentada e como aplicá-las em seu setor.

Boa leitura (ou seria “boa viagem”?)!

O que é VA e VR?

Imaginamos que você já tenha visto essas siglas em muitos lugares diferentes. Isso ocorre porque as duas tecnologias podem ser aplicadas em uma série de frentes e com diferentes objetivos. Varejo, saúde, entretenimento são apenas algumas delas – e vamos falar sobre isso mais para frente. 

First things first. Afinal, o que é VA e VR? Realidade Aumentada e Realidade Virtual são tecnologias que fazem parte da equação das chamadas tecnologias imersivas, que derivam umas das outras, mas têm aplicações (e níveis de maturidade) diferentes.

A Realidade Virtual funciona por meio da inclusão do usuário em um ambiente totalmente virtual, criado por meio de computação gráfica ou vídeo 360º. Tem como objetivo fornecer uma experiência sensorial em um ambiente simulado através de estímulos visuais, sonoros, táteis, entre outros. Necessitam adereços, como os famosos óculos VR.

Já a Realidade Aumentada consiste na adição de informações virtuais ao mundo real por meio da sobreposição de elementos digitais no ambiente físico. Essa integração ocorre sempre através de uma tela e tem como objetivo ampliar nossa compreensão sobre um determinado contexto, fornecendo ao usuário informação relevante.

Existe, ainda, uma terceira realidade: a chamada Realidade Mista. Como o nome já diz, ela atua na interseção entre o mundo físico e o virtual. Os resultados que temos hoje em MR são obtidos ao agregar tecnologias holográficas ao contexto aumentado. E, apesar de ainda ser relativamente incipiente, é também uma das vertentes mais promissoras das tecnologias imersivas. Mas não é sobre ela que vamos focar neste material, ok?

Como falamos anteriormente, vamos falar sobre essas realidades em cada setor. Acompanhe para saber como aplicá-las no contexto da sua empresa!

Aplicações práticas I: Varejo

O varejo é um terreno bem fértil para as aplicações de VA e VR. Colocando os novos hábitos dos consumidores em perspectiva e adicionando a pandemia, o isolamento social e o medo do contágio nessa equação, elas se tornam soluções perfeitas. 

Vamos começar com algo que nem é tão novo assim, mas que vem se popularizando cada vez mais: os QR codes. Hoje, a maioria dos dispositivos móveis (smartphones e tablets) já sai de fábrica com um leitor de QR codes. Ao abrir o aplicativo da câmera, é só posicioná-lo para fazer a leitura do código e obter informações sobre produtos, fazer compras e até aproveitar uma promoção, por exemplo. 

E se você pudesse testar várias combinações de maquiagens para saber o que vai funcionar para você antes mesmo de efetuar a compra? Foi pensando nesse tipo de dúvida que faz com que muitas mulheres deixem de comprar determinados produtos (principalmente com valores mais elevados) ou se frustrem com a compra, que a Shiseido investiu em um “espelho inteligente”. 

Na verdade, o espelho nada mais é do que um monitor com Realidade Aumentada exposto em um ponto de venda. Sua função? Justamente auxiliar as clientes da marca a encontrarem a melhor combinação de maquiagem. Ele oferece informações sobre um produto quando segurado pela cliente e incentiva a testá-lo. O sistema fotografa o rosto da pessoa e mostra como o item deve ser aplicado sobre a pele.

A Ikea também aderiu à tecnologia. Dúvidas para repaginar o design da sala de sua casa? A loja de móveis desenvolveu um aplicativo que permite que o cliente visualize o catálogo de produtos pela câmera. Dá para ver como vai ficar aquele sofá novo na sua sala sem precisar ir até a loja ou de uma jornada cansativa com a fita métrica. Basta instalar o aplicativo.

A marca de tintas Coral tem um aplicativo para sanar uma dúvida recorrente em quem vai pintar a casa: qual cor escolher? Com o app, o cliente testa diferentes cores pela câmera e escolhe com muito mais segurança. 

Lojas de fast-fashion também estão embarcando nessa onda. Nesses locais, a realidade aumentada exibe as peças escolhidas diretamente sobre o corpo do cliente. Sim, experimentar roupas e calçados sem precisar ir até os provadores com dezenas de cabides ou, até mesmo, sem ir na loja física.

Aplicações práticas II: Mercados Financeiro e Segurador

A Realidade Virtual vem para transformar o setor de seguros. Pode ser surpreendente inicialmente, mas faz todo sentido.

Veja: em nosso admirável mundo novo, as pessoas querem e precisam – cada vez mais – ser impactadas. Dessa forma, a Realidade Virtual pode ser utilizada como uma excelente ferramenta para alertar os segurados de possíveis riscos.

Outra aplicação é fornecer treinamento de segurança para segurados e colaboradores com o objetivo de reduzir acidentes – inclusive, no ambiente corporativo.

Se colocarmos a pandemia e o isolamento social em perspectiva, a VR pode ajudar ainda mais e fornecer segurança para os corretores. Através dela, torna-se possível que um corretor faça uma visita a um cliente ou a um imóvel sem ter, necessariamente, que sair de casa. Isso ajuda também a própria seguradora, que reduz custos com deslocamentos e viagens.

Podemos pensar também em uma aplicação de VR que ajuda na precificação do seguro do automóvel. Com testes de condução simulada do veículo, o corretor consegue avaliar o segurado e ser muito mais assertivo na escolha do tipo de seguro e coberturas necessárias. 

Que entender melhor como usar a inteligência virtual para resolver problemas reais? Baixe nosso ebook “Realidade Virtual” e descubra agora mesmo!

Acesse grátis

Realidade Virtual: Como usar a inteligência virtual para resolver problemas reais

Aplicações práticas III: Saúde

No setor de saúde, as tecnologias de Realidade Virtual e Realidade Aumentada podem salvar vidas. Isso porque ambas proporcionam uma série de procedimentos em um tempo muito menor. 

Um exemplo são as cirurgias de urgência. Se antes era necessário deslocar um médico especialista para realizar uma operação de grande porte, hoje, o profissional pode realizar o procedimento de forma remota, de onde estiver – e não necessariamente no mesmo local que o paciente. E a mesma lógica pode ser aplicada para análise e leitura de exames.

Através de tablets ou óculos holográficos, os médicos podem visualizar órgãos em 3D e consultar o histórico de pacientes antes ou até mesmo durante a intervenção cirúrgica.

A tecnologia também é valiosa como ferramenta de ensino, em uma área extremamente técnica e complexa. Com a Realidade Aumentada, jovens médicos poderiam interagir com órgãos projetados virtualmente, melhorando o processo de aprendizagem e diminuindo o risco de erro médico. 

Aplicações práticas IV: Entretenimento

A indústria do entretenimento e os games fizeram um ótimo trabalho ao dar visibilidade à Realidade Aumentada. E a tecnologia retribuiu. 

Se você esteve no planeta Terra nos últimos anos, com certeza ouviu falar do sucesso estrondoso do Pokémon GO. O jogo levou apenas 19 dias para alcançar 50 milhões de usuários.

O que foi preciso para essa conversão enorme em tão pouco tempo?

Grande quantidade de usuários entrando rapidamente no sistema

Servidores para dar conta desse tráfego enorme

Processar dados

Utilização de sistemas de realidade aumentada e redes de interconexões de maneira mais efetiva 

A cereja do bolo? O lançamento do jogo ajudou a Nintendo a aumentar o valor de suas ações em US$ 7 bilhões em apenas uma semana.

Aproveitando o ensejo, a Niantic lançou o jogo Harry Potter: Wizards Unite. O game também utiliza realidade aumentada e possui um mapa de GPS como base, mas tem uma dinâmica um pouco diferente do app dos monstrinhos de bolso. 

Os fãs de esportes também viram uma mudança positiva com a aplicação da Realidade Aumentada nas transmissões de TV. Jogos de futebol americano têm suas linhas projetadas no campo para situar os telespectadores sobre a distância que os jogadores devem percorrer até o gol.

A tecnologia também está presente nos filtros de redes sociais como Instagram, TikTok e Snapchat. Você pode perceber que, quando movimentamos o smartphone muito rápido, alguns efeitos indesejados acabam acontecendo por breves momentos. Isso acontece pelo caráter informal da ação — dificilmente veremos o mesmo erro em uma transmissão de Jogos Olímpicos, por exemplo.

Aumentada ou Virtual: é hora de mergulhar em outras realidades!

Independente de qual seja o seu setor, as aplicações práticas de VA e VR são exponenciais. O céu não é o limite, principalmente se pensarmos o quanto os novos consumidores gostam – e querem! – ser surpreendidos.

Oferecer uma experiência diferenciada, em qualquer segmento, é garantia de que sua marca seja lembrada. E essa pode ser a diferença entre sobreviver aos tempos de crise e morrer na praia, perdendo o lugar ao sol.

As soluções de VA e VR, além de impactantes, são relativamente simples de serem desenvolvidas. Além de rápidas e baratas. Aqui na MJV, possuímos um laboratório de inovação, o MJV Lab. Nele, unimos design, ciência de dados, várias tecnologias (VA e VR estão entre elas, é claro!) e arte para criar o futuro do seu negócio. 

Já desenvolvemos soluções e protótipos para clientes e parceiros de diversos setores e adoramos embarcar em novas ideias e projetos. E você? Já sabe como pode aplicar VA e VR na sua empresa? Acesse nossa biblioteca e confira nossos conteúdos para ter ainda mais insights!

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter