Compartilhar:

Categorias:

Sistema SAP: saiba tudo o que você precisa sobre esse ERP

Por que o mundo corporativo está se rendendo a esse software de gestão?


O que era tendência virou necessidade. O uso de sistemas de gestão tem se mostrado fundamental para as empresas. Um dos mais buscados? O sistema SAP. Para quem quer controle total de informações, automatizar processos e alcançar o máximo de produtividade, essa pode ser uma ferramenta poderosa.

No post de hoje, saiba o que é o sistema SAP, conheça seus principais módulos e o que ele pode fazer pela sua empresa!

O que é o sistema SAP?

Para falar de SAP precisamos falar brevemente sobre ERP, sistema integrado de gestão empresarial. O ERP tem como função principal integrar todas as áreas de uma empresa: logística, contabilidade, vendas, fiscal, contabilidade e outras. O sistema SAP é um tipo de ERP.

SAP é a abreviação da expressão em alemão ‘Systeme, Anwendungen und Produkte in der Datenverarbeitung’, traduzido como Sistemas, Aplicativos e Produtos para Processamento de Dados. A expressão em alemão tem um motivo: o sistema foi desenvolvido por uma empresa alemã, líder no segmento de software corporativos

Ele nada mais é que um sistema que ajuda a gerenciar os dados das empresas. Por exemplo, gerencia se a empresa tem estoque, materiais, produtos. Então, tudo que engloba os processos empresariais, o SAP auxilia a administrar.

Tá, mas e os resultados do SAP? Essas três letrinhas são responsáveis pela otimização e eficiência no controle e gerenciamento das informações e dados das organizações.

A solução se adapta às necessidades de cada cliente devido aos diferentes módulos que são incorporados ao sistema. Esses módulos correspondem a cada departamento da empresa, como vendas, estoque, entre outros.

Ou seja, cada empresa terá seu sistema SAP implementado de acordo com as necessidades do seu negócio.

Acesse grátis

ERP: o guia definitivo para implementar o seu software de gestão empresarial

Quais são os principais módulos do sistema SAP?

O SAP é um sistema totalmente modular. Essa divisão permite melhor o controle dos diferentes setores da empresa. Confira abaixo os principais módulos e o que são capazes de suportar e integrar nos processos da sua empresa:

  1. FI (Financial Accounting) é responsável por rastrear o fluxo de dados financeiros em toda a organização de maneira controlada e integrar todas as informações para uma tomada estratégica eficaz de decisões.
  1. CO (Controlling) coordena, monitora e otimiza todos os processos em uma organização. Ajuda também na análise dos números reais fazendo uma comparação com os dados planejados nas estratégias de negócio.
  1. SD (Sales and Distribution) dá suporte às atividades de vendas e distribuição de produtos e serviços de uma empresa, desde a consulta ao pedido até finalização com a entrega.
  1. MM (Material Management) se relaciona com o movimento de materiais da organização – incluindo atividades como logística, gerenciamento da cadeia de suprimentos, vendas e entrega, gerenciamento de depósitos, produção e planejamento.
  1. PP (Production Planning and Control) faz o planejamento e gerenciamento da produção. Funciona em conjunto com vendas, atuando junto com operações, planejamento de recursos de distribuição, planejamento de necessidades, entre outros.
  1. QM (Quality Management) contribui com a gestão da qualidade nos processos de uma organização. Para alcançar sua finalidade, o módulo possui integração com diversos outros processos: aquisição e vendas, produção, planejamento, inspeção, notificação, controle e outros.
  1. PM (Manutenção) gerencia todas as atividades de manutenção em uma organização. Na prática, corresponde às atividades-chave que incluem inspeção, notificações, manutenção corretiva e preventiva, reparos e outras medidas para manter um sistema técnico ideal.

Por que usar o SAP?

Hoje, as empresas pertencem a uma nova geração que deseja tirar o máximo proveito da tecnologia para criar processos de negócios rápidos, confiáveis e fáceis de executar. Dando o tom a esse cenário, o sistema SAP traz soluções de comunicação e praticidade de produção às empresas, entre outros benefícios.

Confira outras vantagens que o sistema SAP possibilita:

1. Melhorar a comunicação

Um dos benefícios mais visíveis do sistema SAP é a integração dos dados de todos os setores da empresa. As informações ficam disponíveis no formato adequado no período necessário. Fica evidente que o acesso à comunicação com a informação que precisa circular pela empresa é facilitado.

2. Controle de dados

Controlar o acesso de dados sempre foi um desafio para as empresas. Nem todas as informações precisam ser acessadas por todos os colaboradores. Com o SAP, os próprios gestores podem definir quem pode acessar, quem pode visualizar os dados, quem só pode inserir informações. É possível controlar tudo, o que é ótimo para informações mais sigilosas, como as que dizem respeito às finanças da organização e ao fluxo de caixa.

3. Facilidade de uso e simplicidade

Não é necessário ser um especialista em tecnologia para manusear o SAP. Com mínima explicação, qualquer pessoa, de qualquer setor consegue utilizar a ferramenta. O layout e os comandos do programa são bastante intuitivos, de modo que a equipe da empresa pode manipular as informações do programa sem obstáculos nem erros.

4. Otimização de custos

A palavra-chave do SAP é automatização. Ao automatizar processos muitos gastos operacionais são revistos e até mesmo extintos. Ao contratar a solução, as empresas investem na otimização de recursos, que ocasionam diminuição nos custos para manter o negócio em pleno funcionamento.

5. Aumento de competitividade

Toda empresa precisa ser competitiva. Quem não pensa de maneira estratégica é passado para trás e ultrapassado pela alta concorrência Com um sistema SAP, os processos internos ficam mais organizados e ocorrem de maneira correta. Dessa maneira, gestores podem dedicar mais tempo a questões estratégicas e não apenas operacionais.

→ Leia também: Gestão de Mudança: usando Gamificação para diminuir impactos negativos durante uma implantação SAP

Como o sistema SAP é implementado?

Para implementar o software nas empresas, como na maioria dos processos corporativos, é necessário planejamento. O ponto de partida é conhecer a fundo as necessidades do negócio. Só assim você poderá considerar as especificidades da organização e quais módulos vão fazer sentido.

Mas antes de partir para a prática, é preciso reunir uma equipe com profissionais que entendam bem os processos da empresa e que entendam da ferramenta para alinharem essas informações.

Como cada empresa, apesar de semelhanças e características em comum, é diferente. Estrutura, cultura do negócio, operação. Tudo influencia. Por isso, o processo de implementação do SAP também pode ocorrer de forma diferente em cada negócio.

Avaliar todos os fatores, definir datas e métricas de performance, são apenas alguns pontos necessários para garantir uma implementação de sucesso da ferramenta. 

Veja abaixo alguns passos que o seu negócio deve tomar para garantir que os usuários possam aproveitar todas as vantagens do SAP!

  1. Verifique as demandas do empresa; 
  2. Defina prazos de execução com todos os setores que serão afetados pela nova ferramenta; 
  3. Treine usuários para usar a ferramenta; 
  4. Defina métricas de performance; 
  5. Capacite os profissionais de suporte para auxiliarem os usuários após a solução ser adotada; 
  6. Faça testes de compatibilidade.

Agora que você entendeu para que serve o sistema SAP, que tal implementar no seu negócio?

Voltar