Fique por dentro! Assine nossa newsletter

03/02/2020
Por
MJV Team

Futures Studies: como planejar cenários futuros

Sob o guarda-chuva dos Futures Studies, o design de cenários futuros são ferramentas muito valiosas para os negócios. Eles são histórias baseadas em análise e compreensão de tendências e eventos atuais e históricos, visando vislumbrar o futuro. 

Que tal refletir sobre isso neste artigo?! Continue lendo e entenda o que são esses cenários futuros, e o que você pode fazer para desenhá-los e executá-los em seu negócio!

Futures Studies: o que é isso?

Nós já preparamos um e-book bem rico sobre Futures Studies. Se você ainda não leu, vale dar uma olhada – é só clicar para baixá-lo. 

Aqui, para fins de contextualização, apresentamos rapidamente o conceito de Futures Studies. Ele remete ao estudo sistemático de futuros possíveis, prováveis; incluindo as visões de mundo e o que fundamentam o porvir. Isso considerando-se que não existe um futuro linear; em vez disso, existem muitos futuros alternativos que podem ser estudados e, o mais importante, projetados – aqui, está o pulo do gato do design de futuros.

As organizações, principalmente os grandes players que estão sempre em busca de inovação, aplicam métodos de Futures Studies para construir capacidade de previsão, tanto em indivíduos quanto na forma de processos. 

Isso envolve a combinação de mudar a maneira como as pessoas pensam (mindset) sobre o futuro e mudar a forma como as organizações lidam com a incerteza, a complexidade e os riscos em seus processos estratégicos. 

Cenários futuros: o que são?

Dentro do Futures Studies, o desenvolvimento de conjuntos de cenários narrativos ajuda a identificar possíveis caminhos para uma visão do futuro, ou para a construção de um futuro interessante para a organização. 

Lembre-se: se o futuro ainda não existe, você  pode iniciar a construção de um que seja mais atrativo para o seu negócio. 

Os cenários futuros facilitam o diálogo em que as suposições podem ser reveladas e desafiadas sem censura. Eles permitem a consideração de desenvolvimentos inesperados e verdades inconvenientes. 

Também encorajaram conversas estratégicas que vão além da progressão incremental, confortável e familiar em uma cultura de consenso. 

Os especialistas apontam que muitos negócios, departamentos e projetos corporativos conseguem “desbloquear” suas capacidades de inovação a partir do exercício de criação de cenários. 

Entre as vantagens práticas da construção de cenários, estas são as mais significativas:

  • melhorias no desenvolvimento estratégico, tornando as partes interessadas mais conscientes dos riscos e restrições.
  • facilidade para pensar em soluções alternativas, olhando “lá na frente”.
  • ganho de conscientização para possíveis situações futuras, o que ajuda profissionais  a se prepararem para lidar com os riscos.

Cenários futuros: como planejá-los?

Normalmente, a construção de cenários envolve trabalho preparatório, incluindo desenvolvimento de visão, oficinas de partes interessadas e atividades pós-workshop.

Sohail Inayatullah, futurista no Instituto de Estudos Futuros da Universidade de Tamkang, Taiwan, também aponta uma série de perguntas que podem auxiliar na “transformação do futuro” por meio de cenários. São elas:

  1. Qual é a história do problema? Quais eventos e tendências criaram o presente?
  2. Quais são suas projeções do futuro? Se as tendências atuais continuarem, como será o futuro?
  3. Quais são as suposições ocultas do seu futuro previsto? Há algumas coisas consideradas certas (sobre gênero, natureza, tecnologia ou cultura)?
  4. Quais são algumas alternativas para o seu futuro previsto ou temido? Se você alterar algumas de suas suposições, que alternativas emergem?
  5. Qual o seu futuro preferido?
  6. Como você chegou aqui? Que passos você deu para perceber o presente?

Além disso, confira, a seguir, outros passos que você pode dar para começar a planejar cenários futuros que ajudem sua equipe a conduzir o negócio no caminho da inovação. 

Atenção: Esses passos, você também encontra com mais detalhamento em nosso e-book.

Faça brainstorms

Brainstormings podem ser conduzidos para identificar todos os fatores internos e externos que vão afetar a realização do projeto. 

Após o brainstorming, uma conversa deve ser iniciada para separar os fatores. Uma compreensão completa do estado dos recursos, bem como uma compreensão da localização e gravidade dos problemas é essencial.

Classifique fatores

O próximo passo consiste em classificar os fatores. É interessante separá-los em um gráfico com 4 quadrantes. 

Os fatores no quadrante superior direito são os mais importantes e mais incertos (no lado direito) são usados ​​para diferenciar possíveis futuros descritos pelo cenário narrativo. 

Uma redução desses fatores-chave para dois ou três fatores ajuda a manter baixo o número de cenários possíveis.

Identifique “estados futuros”

A identificação de diferentes estados futuros para cada fator é o próximo estágio. Os resultados devem ser combinados para acompanhar os principais enredos de diferentes cenários. 

Os fatores menos incertos ou menos importantes nos outros três quadrantes podem ser usados ​​para desenvolver uma “história de fundo” que seja compartilhada por todos os cenários. 

Outra discussão deve ser iniciada, incluindo a classificação dos cenários como de alta ou baixa probabilidade.

Desenhe cenários narrativos

Como passo final, escreva uma série de cenários narrativos nos quais os fatores do quadrante 1 do gráfico fornecem uma história de fundo comum a um conjunto de futuros possíveis divergentes descritos por esses fatores no quadrante 2. Dependendo da duração e detalhe dos cenários que estão sendo desenvolvidos, os fatores dos quadrantes 3 e 4 podem ser incluídos ou deixados de fora do relatório.

Esse tema tem mudado um bocado a visão de gestão de crise de muitas empresas. Se quiser se aprofundar mais, recomendamos o ebook Futures Studies: como construir futuros mais estratégicos para seu negócio

Ebook - Future Studies Como construir futuros mais estratégicos para seu negócio - MJV Technology & Innovation

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter