Fique por dentro! Assine nossa newsletter

01/06/2020
Por
MJV Team

Futures Studies: por que desenhar futuros para seu negócio é tão estratégico?

Future Studies tem a ver com o estudo sistemático de futuros possíveis e prováveis, incluindo a construção de cenários para se preparar, e criar, o porvir.  

Em bom português, podemos traduzir livremente esse conceito como “estudos de futuros”. Você já ouviu falar nisso?

Nesse artigo, além de ver em detalhes o que são Future Studies, você vai ver como o desenho de futuros pode ser um divisor de águas em seu negócio.

→ Grande parte das informações que trazemos aqui foi extraída do nosso e-book Future Studies: Como construir futuros mais estratégicos para seu negócio!— baixe agora mesmo!

Future Studies: afinal, o que é isso? 

Quando falamos em Future Studies, é importante ressaltar que não se trata de prever o futuro. Isso é impossível, por uma questão de lógica, inclusive.

Conforme já adiantamos, trata-se do estudo sistemático de futuros possíveis e prováveis. Isso considerando-se que não existe um futuro linear. Na verdade, existem muitos futuros alternativos que podem ser estudados e/ou projetados.

Como campo de pesquisa científica, Future Studies envolve acadêmicos e pesquisadores em várias disciplinas. Já existem programas de graduação e pós-graduação sobre o tema disponíveis em universidades de todo o mundo. 

E, embora não pareça, futuros empíricos/preditivos são apenas uma de algumas abordagens para as pesquisas nessa área:

  • A tradição empírico-positivista, que se concentra na análise e predição de tendências, originou-se nos EUA nos anos 1960.
  • A tradição crítico-normativa originou-se na Europa e nasceu de uma crítica do que foi percebido como uma abordagem excessivamente empírica dos futuros nos EUA na década de 1970.
  • A tradição cultural-interpretativa surgiu em grande parte do trabalho de pesquisadores que procuraram incluir culturas não-ocidentais e invocar uma consideração mais profunda dos futuros civilizacionais e planetários.
  • A abordagem de empoderamento-ativista, prospectivo e de ação começou na Europa nos anos 1990.
  • A abordagem dos futuros integrais/transdisciplinares está surgindo mais recentemente e parece ter potencial para uma inclusão multiperspectiva e planetária autêntica.

Future Studies: por que desenhar futuros para seu negócio é tão estratégico? 

Na prática, toda empresa que faz estudos de tendências, em algum grau está se alinhando ao mindset do Future Studies. Mas, para obter resultado realmente satisfatórios, é preciso transformar isso em uma estratégia, com projetos bem desenhados e com fins bem claros.

Uma pesquisa feita por René Rohrbeck, da Universidade de Aarhus, e Jan Oliver Schwarz, da EBS Business School, na Alemanha, descobriu que esforços formais de “prospectiva estratégica” agregam valor através de uma maior capacidade de perceber interpretar e construir soluções para as mudanças mapeadas. 

As empresas consultadas nesse estudo científico se mostraram mais capacitadas para influenciar outros atores e obter mais aprendizado organizacional.

Desenhar futuros é muito estratégico para empresas de todos os portes e nos mais variados segmentos do mercado. Isso porque não se trata de tornar os futuros viáveis, mas sim plausíveis. 

Antecipar-se a megatendências e adaptar o negócio para elas é muito mais eficiente do que simplesmente imaginar o que está por vir e esperar chegar. Há nesse mindset um campo de ação bem mais realista e inteligente do que “trabalhar bem e ter esperança”.

Em outras palavras, em vez de fazer previsões, desenha-se cenários que podem fornecer uma base mais profunda de conhecimento e autoconsciência na abordagem do futuro. 

E com as tecnologias e os métodos analíticos de que dispomos hoje (Big Data, Business Analytics, Business Intelligence etc.), isso se torna cada vez mais viável. Ferramentas e pessoas preparadas podem realmente auxiliar os direcionamentos estratégicos dos negócios em seus prováveis futuros. 

Nenhuma empresa hoje pode se dizer inovadora se não investir em estudos de futuros. É a antecipação de cenários e o desenho de futuros que põe os grandes players na linha de ponta da liderança de mercado. Vide a atuação das big techs do Vale do Silício e grandes organizações do setor de energia sustentável.

Future Studies: como surgiram os estudos de futuros?

Também é interessante pontuar uma certa cronologia no campo de Future Studies. Os pesquisadores apontam que sempre houve futuristas (no sentido de pessoas que olhavam para o futuro e que tentavam entender a mudança). 

O campo dos Future Studies em si — que tende a ser muito interdisciplinar — surgiu durante a Segunda Guerra Mundial e no pós-guerra. 

Também é importante saber que existem vários períodos de tempo para estudar os futuros. Eles foram descritos por Earl Joseph da World Future Society (mas não são mandatários para os pesquisadores). Esses períodos são:

  • Futuro de curto prazo: até um ano a partir de agora.
  • Futuro de curto alcance: um a cinco anos a partir de agora.
  • Futuro de médio prazo: daqui a cinco a vinte anos.
  • Futuro de longo prazo: daqui a vinte a cinquenta anos.
  • Futuro distante: daqui a mais de cinquenta anos.

Aplicados ao mundo dos negócios, os Future Studies são um conjunto de práticas que permitem que as empresas se preparem para alcançar posições superiores nos mercados que virão. 

Eles têm ganhado bastante força nos últimos anos devido às rápidas e constantes mudanças sociais e mercadológicas que vivemos.

As organizações, principalmente os grandes players que estão sempre em busca de inovação, aplicam métodos de Future Studies para construir capacidade de previsão tanto em indivíduos quanto na forma de processos. 

Isso envolve a combinação de mudar a maneira como as pessoas pensam (mindset) sobre o futuro – o futuro pode ser construído, pense nisso! –  e mudar a forma como as organizações lidam com a incerteza, a complexidade e os riscos em seus processos estratégicos. 

Que tal, você entendeu o conceito de Future Studies e como é importante desenhar futuros para os seus negócios? Aprofunde-se ainda mais neste tema baixando o e-book Future Studies: Como construir futuros mais estratégicos para seu negócio! 

Ebook - Future Studies Como construir futuros mais estratégicos para seu negócio - MJV Technology & Innovation

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter