05/27/2019
By
MJV Team

Disrupção Digital: em busca da liderança de mercado

Bem-vindo à era da disrupção, momento em que mercados são virados de ponta a cabeça do dia para a noite.

A Disrupção Digital tem ganhado repercussão na agenda de CEOs em todo o mundo por conta das gerações nativas digitais e do próprio GAFA (Google, Amazon, Facebook e Apple), empresas que têm revolucionado mercados inteiros com soluções 100% digitais.

Internet das Coisas, Blockchain, Data Science e Inteligência Artificial são apenas alguns exemplos de inovações que saíram do papel e já estão mudando completamente a forma como as empresas fazem negócios.

Chegou o momento de falarmos sobre esse assunto! Quer conhecer mais sobre a Disrupção Digital como prática de mercado? Então acompanhe o nosso post de hoje!

O que é a Disrupção Digital?

A Disrupção Digital é uma prática de mercado que busca gerar valor em cima da obsolescência do modelo industrial de negócios. Estamos falando da utilização de soluções digitais que possuem potencial exponencial de crescimento para sepultar estratégias lineares de negócios.

Nesse contexto, as companhias que assumem a liderança se destacam pelo pioneirismo disruptivo. Não faltam exemplos para visualizarmos esse movimento:

  • Nubank já nos mostrou que é possível trabalhar no mercado financeiro com uma estratégia 100% digital e focada no usuário;
  • O Netflix já foi subestimado pelos grandes estúdios e veículos de comunicação. Hoje, não nos imaginamos consumindo conteúdo de outra forma.
  • A Amazon utiliza dados para antecipar necessidades de clientes e ofertar soluções nos momentos que mais precisam.

Perceba que essas empresas têm uma coisa em comum: todas apresentaram soluções inovadoras no mercado. Possuem estratégias focadas no usuário final, além de adotarem modelos de crescimento exponencial daí a sensação de que as novidades trazidas por elas terem surgido do dia para a noite.

Por que investir nessa prática?

Como vimos, a Disrupção Digital é capaz de transformar completamente mercados inteiros. A empresa que promove a inovação assume a liderança do mercado, enquanto que as rivais precisam se adaptar… ou fechar as portas.

Além disso, devemos considerar uma série de outros fatores sociais e de mercado que tem influenciado essa mudança de postura nas organizações. Acompanhe:

Liderança de mercado

A Disrupção Digital é uma estratégia muito efetiva para que a sua empresa assuma a liderança do seu mercado, afinal, a prática envolve, necessariamente, colocar a concorrência para trás. Além disso, as soluções digitais apresentam potencial de crescimento exponencial.

Otimização de recursos

Modelos de negócios disruptivos são escaláveis, afinal, estamos substituindo a burocracia e o “peso” do modelo analógico, que é truncado, pela fluidez do modelo digital. Com isso, percebemos a otimização de recursos na companhia, que passa a destinar esforços e capital naquilo que realmente importa.

Consumidores conectados

Os consumidores já estão completamente habituados com soluções conectadas. Na realidade, essa é uma nova demanda de mercado: produtos e serviços online, digitais e personalizados. É justamente por isso que a empresa precisa abandonar a cultura análogica agora mesmo e se atentar para as necessidades da Transformação Digital.

Mindset Data-driven

Estamos na era dos dados. Muitos dizem que os dados são a nova moeda e, de fato, já representam uma nova vertente de negócios digitais para uma série de empresas. Para se manter competitiva, a companhia precisa entrar de vez na era dos dados, utilizando essa matéria-prima para tomar decisões e se manter um passo à frente da concorrência.

Crescimento exponencial

Outro grande motivo para mergulhar na era da Disrupção Digital é o crescimento exponencial. Empresas tradicionais, ainda ligadas ao modelo industrial de negócios, costumam apresentar apenas um crescimento incremental ano após ano.

O digital, por outro lado, apresenta um crescimento exponencial afinal, não sofre as limitações comuns às soluções analógicas. É assim que empresas como Netflix, Uber e Nubank têm surpreendido o mercado.

Como implementar a prática na sua empresa?

Qualquer empresa pode substituir o modelo análigico pela exponencialidade do modelo digital. Sim, existem setores que ainda apresentam rotinas truncadas e burocratizadas, mas até mesmo nesses segmentos podemos trilhar o caminho rumo à Disrupção Digital. Vamos compartilhar como logo abaixo:

Digitização

A digitização nada mais é do que a transformação estrutural e estratégica da empresa. Envolve a definição de um plano de negócios para repensar práticas, processos e até o modelo de negócios da companhia afinal, é preciso repensar o análogico a partir do ponto de vista digital.

Além do plano de negócios, a digitização também envolve o processo de Gestão de Mudanças, pois devemos preparar o terreno e os colaboradores para as novas soluções digitais que serão implementadas pela empresa.

Digitalização

A digitalização é a concretização dessas transformação na empresa. Ocorre quando digitalizamos completamente um processo, produto ou serviço. Perceba que a digitalização envolve especialmente a equipe de TI, afinal, estamos falando sobre desenvolvimento.

Nesse sentido, o desenvolvimento ágil é indispensável para colhermos bons resultados, especialmente quando integrado por uma abordagem Devops que busca aproximar a equipe de desenvolvimento e operações. Além disso, a capacitação dos profissionais envolvidos no projetos também faz toda a diferença.

Disrupção Digital

Para atingir a Disrupção Digital, a empresa já precisa ter amadurecido o processo de Transformação Digital. Estamos falando de uma companhia preparada para gerar tecnologias e soluçõe capazes de transformar completamente o mercado e, consequentemente, assumir a liderança.

Nessa era de intensas transformações, o negócio precisa estar preparado para a Inovação Aberta, pois as parcerias com as startups poderão criar um ambiente altamente inovador. Além disso, é fundamental criar uma cultura apropriada para a inovação e desenvolver uma estratégia sólida para a Ciência de Dados, que será muito relevante nessa era digital.

Para fechar, podemos dizer que a Disrupção Digital é muito mais do que uma tendência. Estamos falando de uma prática que será pauta para as organizações por muitos anos. Basta pensar na forma acelerada como percebemos as transformações mercadológicas. Novas tecnologias e práticas surgem o tempo todo e estão balançando os mercados.

Portanto, sua empresa precisa se preparar para esse novo momento! Quer uma dica? Um bom começo é ler o nosso report com as principais tendências do mercado para 2019.

Acesse agora!

Report - MJV Trends 2019 - Tendências de Inovação para Negócios - Blog Post

Voltar