Fique por dentro! Assine nossa newsletter

08/07/2020
Por
MJV Team

Por que desenvolver produtos digitais é uma das soluções para superar a crise?

Uma realidade bem mais remota nunca esteve tão perto de ser normatizada. O distanciamento social imposto a todas as empresas do mundo tem gerado grandes impactos no comportamento do consumidor.

O officeless – agora ainda home office – não é nenhuma novidade, muitas organizações já vinham testando esse tipo de gestão distribuída. Mas nada ainda em grande escala.

Logo, os efeitos dessa vida mais em casa não eram tão sentidos a ponto de realinhar estratégias e até mesmo repensar modelos de negócio. 

Mas hoje não há como não trazer a esteira de inovação para o pipeline. Repensar a forma de fazer o seu negócio é demanda urgente para estar alinhado com esse novo comportamento do usuário. 

Por ora, esses hábitos de consumo quase 100% digital – afinal, o isolamento social é exigência para conter a Covid-19 – é o presente para todas as organizações. E justo desse momento surgem uma série de oportunidades. 

Até a vacina ser distribuída, esse é o normal que teremos. Uma boa pergunta é: no pós-pandemia, os usuários vão abrir mão desse novo universo mais digital e voltar atrás? 

Nós não apostaríamos nisso! O que nos faz acreditar que desenvolver produtos digitais não é só uma solução para superar a crise e sim para gerar valor de negócio depois dela também. 

Para mergulhar nos novos padrões de comportamento de consumo e nas mudanças que esses novos tempos pedem às empresas, preparamos esse conteúdo. 

Já vamos deixar um spoiler: é crucial  entender como obter valor da esteira de inovação

Próxima parada Transformação digital

A tecnologia só evoluiu – e bem rápido. Do acesso à internet até hoje, ela foi responsável por uma infinidade de disrupções nos modelos de negócio. 

Quem poderia imaginar que seria possível contratar um cartão de crédito sem nenhum contato com um atendimento humano, nem mesmo para enviar a documentação?! 

Note que, em cenários de incerteza, é justo a tecnologia que pode promover as disrupções necessárias para que os negócios ganhem valor competitivo e até mesmo criem novos mercados. 

Hoje, a gestão remota – única saída para conter a crise sanitária que vivemos – muda bastante as regras do jogo, de todos os mercados sem exceção. A solução para isso, você já sabe, não é?! 

Digitalizar seu negócio. Porque a economia atual é muito mais digital do que era antes da Covid-19 assolar o mundo. 

Lembre-se que a Transformação Digital não pegou ninguém de surpresa. Inteligência Artificial. 5G. Blockchain. Automação. Indústria 4.0. Esses temas já estavam presentes em uma série de reuniões, metas e planejamentos estratégicos.  

Vale anotar no caderninho alguns pain points que só chancelam a transformação digital

Comportamento de consumo 

Surgem novos padrões de comportamento do consumidor. Os efeitos da crise só potencializam essas outras necessidades e desejos do usuário. 

Gestão Remota 

O home office veio para ficar. Então, devemos repensar a estratégia para que produtos e serviços sejam entregues em casa. Ainda nesse tema, existe a possibilidade de um êxodo de cidades, o que pede realinhamentos nas estratégias.

Startup-se 

A Economia é Digital, as empresas nascem pequenas, enxutas, mais leves e inovadoras. Como são menores, contam com lideranças mais descentralizadas, o que proporciona muita eficiência. Automação e Inteligência Artificial alicerçam a gestão. A era das startups mudou bastante a cara das empresas e esse tipo de modelo de negócio não é mais nenhuma novidade. 

Redução de custos 

Os efeitos da pandemia criaram um cenário de incertezas – desemprego e fragilidades econômicas não podem ser negligenciados. Como dar continuidade aos negócios nesse contexto? 

É preciso propor alternativas para produtos e serviços. Aumentar pontos de contato com os consumidores. Alcançar maior eficiência operacional. Desenvolver estratégias para oferecer produtos mais baratos e, ainda assim, com qualidade. É sobre baixar os custos operacionais. Chegar a novos mercados. 

Esteira de inovação

É preciso pensar em novas soluções, mas levando em conta os objetivos do negócio. Não há espaço para inovar por inovar. Infelizmente, muitos projetos morrem por conta disso. Eles até nascem com potencial, mas não levam em conta a própria natureza do negócio. 

O resultado, nesses casos, são projetos com margens de lucro muito baixas. O investimento para sustentar o novo produto é muito alto para o retorno. 

A esteira de inovação acaba não gerando valor para a companhia.  

Entender o usuário, mergulhar no real motivo que o faz comprar produtos e serviços, realinhar a estratégia e entregar ao usuário o que ele quer pode ser potencializado com projetos Data Science. 

The next big thing

A famosa corrida pelo the next big thing! O melhor dos mundos é que a sua empresa seja capaz de criar logo o modelo de negócio capaz de substituir o seu próprio. 

Você deve estar se perguntando como criar soluções para esses pain points a partir da transformação digital? 

Nós trouxemos 2 frentes que são bem relevantes nos planos de ações desse momento – e, acredite, vão continuar aparecendo nos Planejamentos Estratégicos de 2021. 

Bônus 1: UX: o sarrafo subiu

Quem ainda duvida que o UX é a solução certa para reter e fidelizar clientes em tempos remoto e 100% digitais? 

A gente sempre escuta que o mundo é digital, que a transformação digital chegou para ficar, que não há como deixar mais para frente o processo de digitalização do seu negócio. Que criar soluções digitais faz parte da natureza da era – da hiperconectividade – que vivemos. 

Hoje, uma aplicação digital não é mais uma ação de construção de marca. 

É um ponto de contato importante com o usuário, gerador de receita – uma fatia cada vez maior. 

Em tempos de soluções digitais, o design ganha status de grande aliado para trazer diferencial, fidelizando e retendo o cliente.  O que isso significa?

A necessidade de experiências encantadoras!

Usabilidade. Solução rápida de problemas. Facilidades. É isso que todas as startups vão se empenhar para oferecer. Na verdade, enquanto você lê esse texto, elas já estão se empenhando. 

A usabilidade empodera o cliente a resolver, em poucos cliques, seus problemas e ter seus desejos atendidos. Isso mantém a satisfação sempre ativa

Não se esqueça: 

O Design cria uma vinculação. Sim, todo cliente que já tem o hábito de usar  determinado aplicativo para solucionar suas necessidades, sofre ao ter que mudar e se adaptar novamente a outra experiência – ou melhor, outra interface. 

Bônus 2: Agile Software Development 

Digital Development: Ágil + DT + Desenvolvimento de Software

A união DT + Ágil é o pilar do nosso processo de desenvolvimento de software. Esse combinado possibilita uma operacionalização mais eficiente e um produto final mais alinhado às necessidades do mercado.

Em um mundo remoto, como o que vivemos agora, o digital é peça fundamental. Independente da nossa realidade – remota ou física – o DT + Ágil para desenvolver softwares é responsável por resultados expressivos.

Mergulhamos fundo em nosso processo todo e o redesenhamos para que ele rode tão bem em gestões remotas quanto rodava antes nos escritórios.

Como operar: 

➔  Squad – O squad é a equipe responsável por definir os planos estratégicos do projeto que está atuando. O time é composto por especialistas da MJV e colaboradores da empresa para combinar o conhecimento completo do negócio com a experiência de atuar em outros segmentos do mercado.

➔  Sprints – São os ciclos definidos para que os squads produzam e revisem o que está sendo feito, garantindo entregas de valor constantes.

Não há como não priorizar a Transformação Digital, ela nunca foi tão urgente e tão necessária. 

Realinhe sua estratégia para uma mais humanizada, verdadeiramente conectada com seus clientes e colaboradores, ágil e totalmente digital. 

Podemos te ajudar nessa jornada rumo à digitalização. Quer conversar sobre seus desafios na virada de chave da Economia Digital? Entre em contato com os nossos especialistas. 

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter