08/08/2019
By
MJV Team

Marketing Ágil: o que é e como funciona

Ágil, no contexto de marketing, significa usar dados e análises para fornecer continuamente oportunidades ou soluções promissoras a problemas em tempo real, implantando testes rapidamente, avaliando os resultados e fazendo uma rápida iteração.

Um departamento de marketing ágil pode executar centenas de campanhas simultaneamente e várias novas ideias a cada semana. Como isso acontece? Escalando. 

Mas isso não esgota a explicação desse conceito. Por isso, continue lendo para entender o que é Marketing Ágil, como funciona, que vantagens ele oferece e como você pode implementá-lo em seu negócio!

O que é Marketing Ágil

O Marketing Ágil é o processo de encontrar, testar e implementar uma série de projetos focados em marketing e comunicação de uma empresa. 

O termo “Ágil” nasceu no mundo do desenvolvimento e design de software. Uma equipe de desenvolvedores define objetivos de desenvolvimento durante um certo período de tempo (geralmente uma semana). Em seguida, cada membro da equipe se concentra nesses elementos específicos. Quando o tempo definido expira ou o projeto é concluído, uma revisão é feita para avaliar determinadas métricas.

O Marketing Ágil usa o mesmo processo no campo de conteúdo e publicidade. Os projetos de marketing  são divididos em uma séries de tarefas necessárias para realizar a entrega (todas essas ações compõem o backlog). Em seguida, as tarefas são realizadas. Finalmente, a equipe analisa e melhora suas atividades com base nas lições aprendidas no estágio anterior (geralmente chamadas de sprints). 

Como o Marketing Ágil funciona

Muitos departamentos de marketing acham que estão trabalhando de maneira eficaz porque adotaram alguns princípios do Ágil.

Mas quando você olha abaixo da superfície, rapidamente descobre que eles são apenas parcialmente ágeis e, portanto, só obtêm benefícios parciais. 

Por exemplo, o marketing geralmente não tem o suporte do departamento jurídico, de TI ou financeiro. Portanto, as aprovações, as dependências de back-end ou as alocações de gasto são lentas. Ou seus parceiros de agência e tecnologia não estão alinhados com a necessidade de velocidade e não podem se mover com a rapidez suficiente.

Simplificando: se você não é ágil o tempo todo, então você não é um Marketing Ágil ainda. Um Marketing Ágil requer uma visão estratégica, bem como planos de  curto, médio e longo prazo.

Essa estratégia difere do marketing tradicional de várias maneiras importantes, incluindo o foco em lançamentos frequentes, experimentação deliberada e um compromisso implacável com a satisfação do público-alvo.

O que se alinha muito mais as necessidades geradas pelas mudanças rápidas e frequentes geradas pela evolução exponencial da tecnologia.

Uma campanha de Marketing Ágil

Muitos detalhes estão envolvidos em uma campanha de Marketing Ágil — embora, esses itens também ajudem a implementar e avaliar os resultados de campanhas tradicionais. 

Algumas dessas coisas podem incluir:

  • criação de duas ou três variações de copywriting para uma campanha do Google Ads.
  • testes da cor de um botão em uma landing page.
  • experiências com diferentes características demográficas ou comportamento do comprador nos anúncios do Facebook etc.

Em vez de uma explosão de materiais, o Marketing Ágil é mais como uma bola de neve controlada rolando montanha abaixo — fica maior e ganha mais velocidade quando encontra o caminho certo.

Atente que para ser um marketing ágil é preciso também ser analítico. Lembre-se: um marketing analítico não é aquele que analisa o maior número de dados e, sim, o que proporciona análises mais avançadas (Mas isso é papo para outro blog post!). 

Quais as vantagens de um Marketing Ágil

O Marketing Ágil oferece múltiplos benefícios para as empresas. Confira, a seguir, os três mais impactantes.

Foco claro

Em vez de uma empresa de marketing (ou equipe interna) criar uma maneira de girar seu produto, os objetivos serão claros. 

Primeiro você define o resultado que quer. Depois elabora uma lista de estratégias de marketing para testar e ver quais funcionam melhor.

Campanhas multifuncionais

Os dados demográficos e o marketing amplo não são eficazes, especialmente para pequenas e médias empresas. O comportamento do usuário e a compreensão das decisões intuitivas de seus compradores-alvo são vitais para o sucesso do marketing. 

Nesse sentido, o Marketing Ágil permite que esses dois aspectos influenciem seus materiais e testes para maximizar as conversões, tornando o público de marketing mais segmentado e, portanto, mais lucrativo.

Crescimento consistente

Usar estratégias apoiadas por dados e aumentar o esforço do que funciona cria resultados previsíveis. Receita, tráfego e outras métricas podem ser previstas com precisão, em oposição ao risco de uma ampla campanha de marketing.

Como implementar o Marketing Ágil na sua empresa

Veja agora algumas dicas para iniciar a implementação do Marketing Ágil em sua empresa.

Escolha os métodos ágeis a serem utilizados

Aqui estão duas opções:

Scrum

  • Realize reuniões diárias do Scrum para que sua equipe possa compartilhar o que fez ontem, o que fará hoje, e discutir quaisquer bloqueadores que eles possam ter.
  • Experimente trabalhar em sprints (iterações de 2 a 4 semanas de trabalho altamente focado). Mas, se sua equipe de marketing for pequena, certifique-se de não negligenciar itens de trabalho fora do escopo de seu sprint. 
  • Estabeleça revisões rápidas para discutir o que foi realizado durante a última iteração com colaboradores e partes interessadas. Explique suas campanhas atuais, analise métricas e garanta feedback interno.
  • Estabeleça retrospectivas regulares em que sua equipe possa conversar entre si sobre como foi a última iteração, revisar a agenda atual e fazer planos para melhorar.

Kanban

  • Estabeleça um quadro Kanban com um backlog de trabalho e raias personalizadas (tarefas, planejadas, em andamento, rejeitadas, concluídas, etc.) que reflitam seu processo. Certifique-se de que sua placa esteja prontamente disponível online para qualquer funcionário remoto. Transparência e comunicação aberta são vitais.
  • Experimente usar os limites de WIP (work-in-progress) para manter a qualidade e o foco. Multitarefa é um mito, no ágil o trabalho coletivo é a alma do abordagem.  
  • Toda vez que você mover um cartão para o fluxo de trabalho, faça um círculo e tente pensar no item do ponto de vista do seu público-alvo.
  • Considere tornar necessário que os membros da equipe deixem um comentário sobre os itens toda vez que o avançarem no fluxo de trabalho. Isso não é para fins de documentação do trabalho para gerenciamento. Deve ser uma prática introspectiva para ajudar cada membro da equipe a parar e refletir sobre o item. A rotina dos profissionais de marketing fazem com que correr seja uma constante, o que deixa espaço para erros.
  • Use codificação visual para tornar seu Kanban mais fácil de compreender. Código de cores de acordo com a pessoa responsável, categoria de tarefa (mídia social, posts de blog, SEO) ou nível de trabalho (Tarefa etc.).
  • Não deixe que itens de trabalho “quase prontos” se acumulem. Priorize os itens que geram valor real, produza um MVP (produto mínimo viável), compartilhe-o com os membros da equipe para feedback, refine o trabalho e conclua a tarefa.
  • Dica: o Trello é uma ferramenta ótima para esse processo.

Teste, meça e repita

  • Concentre-se em pequenas iterações e novas ideias acionáveis ​​sobre campanhas de grande impacto e metas irrealistas.
  • Teste ativamente novas estratégias, fique com o que funciona e repita o processo.
  • Falhe mais rapidamente. Não tenha medo de abandonar uma tática que não está funcionando, não importa quanto esforço já tenha sido feito.  
  • Nunca perca uma chance de reunir métricas em suas campanhas. Dica: Usar ferramentas como o Criador de URLs do Google pode ajudar a avaliar quais links geram mais tráfego para seu website. 
  • Dados são inúteis se você não consegue entendê-los. Certifique-se de aproveitar o tempo para analisá-los corretamente. Dica: considere o uso de um software de visualização de dados para automatizar e facilitar o processo analítico.  

Facilite a colaboração e feedback constante

  • Estabeleça um canal interno de comunicação para feedback e sugestões. Use esse canal para incentivar o engajamento dos funcionários.
  • Torne mais fácil para os colaboradores contribuírem com seus pensamentos. Peça publicações de outros departamentos no canal de comunicação interna. Inicie conversas com membros da equipe para obter sua perspectiva.
  • Estabeleça uma prática de trazer um membro de outra equipe toda semana para contribuir com suas ideias para suas campanhas. Você ficaria surpreso com quantas boas ideias as pessoas guardam para si mesmas e é extremamente útil obter insights de um domínio fora do seu.
  • Adicione um widget de comentários ao seu conteúdo no canal online interno. Um simples “Este artigo foi útil?” pode ajudar muito a garantir métricas sobre o que é mais eficaz e quais áreas precisam ser melhoradas.

Assuma e gerencie riscos

  • Estabeleça uma função de gerenciamento de risco rotativo. Atribua uma pessoa por mês para dedicar parte de seu tempo à busca ativa de novos riscos (ameaças e oportunidades). Faça com que esse indivíduo aja como um “advogado do diabo” durante as reuniões. Essa função pode reduzir o potencial de pensamento de grupo e ajudar sua equipe a permanecer responsiva sem prejudicar seu foco. Também ajudará os membros de sua equipe a ampliar sua perspectiva pessoal.
  • Dê a sua equipe a liberdade de experimentar coisas novas. Você nunca vai ficar à frente da concorrência seguindo as estratégias que todo mundo já usa. Não copie a inovação; seja a inovação. Se você falhar, não é grande coisa; pelo menos você aprendeu.

Foque na mudança de cultura e na entrega de valor

Marketing Ágil não é sobre qual ferramenta você usa ou qual estrutura você adere. É quase totalmente sobre sua mentalidade e cultura. 

Transformações ágeis precisam acontecer tanto nas mentes dos membros de sua equipe quanto nas ações de sua hierarquia de gerenciamento. 

Mudar a forma como as pessoas pensam é uma tarefa monumental, mas só assim é possível realmente ter um Marketing Ágil.

Outro ponto importante: muitos gestores de Marketing têm uma obsessão com a geração de leads. 

O tráfego do website é impulsionado pela visibilidade constante por meio de marketing de conteúdo, mídia social e spam antiquado.

Naturalmente, a geração de leads é vital para qualquer negócio, mas o desenvolvimento de visão de túnel para essa atividade é perigoso. Esses métodos de geração de leads não perderão sua relevância tão cedo, mas a motivação por trás da execução deve girar em torno da entrega de valor.

Inspire-se no jornalismo: forneça informações valiosas para o seu público e capacite-as a tomar a melhor decisão possível para que se sintam membros valorizados da sua comunidade de marca. Demonstre o valor do seu produto fornecendo um pouco desse valor por meio de suas campanhas.

→ Leia também: Descubra como o Ágil revolucionou o Marketing da MJV!

Que tal, você entendeu o que é Marketing Ágil e como funciona? Gostou das nossas dicas para implementá-lo? Veja agora o webinar Agile Marketing!

Webinar-Agile Marketing-Descubra como aumentar os resultados do seu time de marketing

Voltar