Fique por dentro! Assine nossa newsletter

03/08/2021
Por
MJV Team

A importância da Gestão do Conhecimento no seu negócio

Você já deve ter passado por essa situação na sua empresa: quer saber mais sobre algum projeto, consultar um case de sucesso ou conhecer melhor um determinado processo e não soube nem por onde começar. Uma dica: comece pela Gestão do Conhecimento.

Se você já se fez essas perguntas em algum momento

  • A quem recorrer? 
  • Quem pode me ajudar? 
  • Onde estão as informações que preciso? 
  • Como estamos fazendo isso?

E não encontrou respostas para elas tão facilmente, a Gestão do Conhecimento vai te ajudar. E muito!

Organizar a casa pode parecer difícil, mas não é. Uma equipe especializada pode facilmente resolver essa dor e tornar o processo muito mais fácil, simples e fluido. E falamos isso com total propriedade: aqui na MJV implementamos recentemente esse modelo e está dando muito certo.

Entenda melhor o que é Gestão do Conhecimento, como ela funciona e como começar hoje mesmo a arrumar essa casa. Acompanhe!

O que é Gestão do Conhecimento?

Nós sabemos que, ao ler a introdução aqui em cima, provavelmente você pensou em arquivos organizados em pastas e categorizados corretamente. Acertamos? 

Se sim, podemos dizer que você acertou – em partes. A Gestão do Conhecimento vai muito além disso. Vamos explicar.

Todo ser humano tem uma necessidade intrínseca de organizar, entender, classificar e compartilhar os elementos do seu dia-a-dia. Isso torna tudo muito mais simples e objetivo.  

A Gestão do Conhecimento é exatamente esse olhar, porém voltado para corporações, conectando passado, presente e futuro através das informações. 

  • passado – preservando o legado e a história da empresa, tudo que ela passou para chegar aonde está
  • presente – recordar e gravar o que é feito no dia a dia 
  • futuro – preparar o terreno para as próximas empreitadas da corporação, de forma que todos os processos sejam mais simples, claros e rápidos

A Gestão do Conhecimento é um hiperdrive para os negócios. Visando o desenvolvimento humano, o fluxo consiste em 4 etapas:

“A Gestão do Conhecimento seria um conjunto de ações sistemáticas utilizadas para facilitar o compartilhamento do conhecimento por meio de políticas, metodologias e tecnologias adequadas.”

Regina de Barros Cianconi

São várias metodologias possíveis, várias maneiras diferentes que as empresas podem se valer para facilitar o compartilhamento das experiências de seus colaboradores.

É importante lembrar que isso nada tem a ver com o tamanho ou o setor da sua corporação.  Qualquer um pode atuar, investir e aplicar a Gestão do Conhecimento.

Como funciona a Gestão do Conhecimento?

Você sabia que até mesmo a biblioteca do congresso, localizada em Washigton D.C, nos EUA e considerada a maior biblioteca do mundo não é uma fonte de conhecimento? Pois é. 

É exatamente por isso que, quando falamos em Gestão de Conhecimento, vamos muito além do que somente informação. É sobre transformar dados em conhecimento. 

O processo para gerenciar a criação, compartilhamento e aplicação do conhecimento constrói e conecta novas perspectivas de sucesso. E mais: garante a criação e manutenção de uma cultura de disseminação de experiências dentro da sua organização. 

Hoje, podemos dizer que o conhecimento é o ativo estratégico dos campeões globais. E é justamente a Gestão do Conhecimento a virada de chave capaz de oportunizar uma rede ágil e multiplicadora de conhecimento, fortalecendo ambientes organizacionais e perpetuando o legado empresarial.

Qual a importância da Gestão do Conhecimento?

Como já dizia Paulo Coelho, 

Conhecimento sem transformação não é sabedoria.”

O conhecimento é um dos maiores legados de uma empresa. É através dele que se torna possível gerar valor para o negócio e ter tomadas de decisões muito mais alinhadas e assertivas. 

Ainda assim, a realidade de muitas corporações ainda é deficiente quando falamos em organizar e armazenar informações. Mais delicado ainda é o processo para disponibilizá-las para seus colaboradores. Sistematizar o uso do aprendizado adquirido em seus processos é um grande (e constante) desafio.

Foi pensando nisso que trouxemos Felipe Vianna, nosso P.O. de projetos em gestão do conhecimento e especialista em tecnologia e inovação, para falar sobre os fundamentos da gestão, seus benefícios e como combinar automação e inteligência de mercado.

Entenda agora mesmo o que a Gestão do Conhecimento pode fazer pela sua empresa.

Acesse grátis

Gestão do conhecimento: Explore o legado da sua empresa

Qual o ponto chave aqui? 

O conhecimento não pode ficar retido. Ele precisa ser visível e de fácil acesso.

A maior dor que a Gestão do Conhecimento vem para resolver é justamente essa descentralização de informações, que tanto prejudica corporações de todos os setores e tamanhos.

10 benefícios da Gestão do Conhecimento

Nesta transformação de dados em conhecimento, a sua empresa garante benefícios como:

  1. Construção de um legado de conhecimento

Esse item é o primeiro em nossa lista porque ele versa diretamente sobre a preservação de tudo o que sua empresa já fez. E isso abrange valores, missão, princípios, mas também desafios superados na parte operacional e estratégica.

  1. Aumento de produtividade

Seus colaboradores não perderão tempo procurando as informações que precisam (seja na rede, em pastas, na nuvem ou até mesmo com outros colaboradores) para concluir uma simples demanda. 

  1. Repositórios unificados de documentos

Desbravar um caminho inexplorado é sempre mais difícil, certo? Um repositório unificado ajuda muito nesse processo, encurtando o caminho entre o funcionário e a informação.

  1. Redução de erros humanos 

É aquela velha história de “o problema está entre o computador e a cadeira”: o famoso erro humano. Como minimizar isso? Dando acesso ao conhecimento. Se algo já foi feito, não tem porquê não aproveitar e replicar o expertise. 

  1. Auxílio no on-boarding de colaboradores

Novos funcionários conseguem entender de forma rápida e autônoma como é o funcionamento da empresa. 

Além disso, fica muito mais simples e ágil a assimilação de valores, missão, propósito, conectando rapidamente a verdade da empresa com o novo colaborador que está chegando. Dessa forma, observamos que a curva de aprendizado é muito mais rápida e eficiente.

  1. Agilidade de acesso ao conhecimento

Quem nunca teve esse problema? Uma pessoa-chave da equipe precisou se ausentar de um projeto com urgência e foi substituída por outro colaborador. 

Nesse processo, algumas informações foram perdidas. Isso acaba, via de regra, atrasando a adaptação do novo colaborador, que precisa recorrer a diversas fontes de informação.

  1. Integração dos colaboradores

Independente do tamanho da sua empresa, da quantidade de escritórios espalhados pelo mundo, da área que você atua, ao compartilhar e disponibilizar conhecimentos e experiências para todos você acaba trazendo as outras pessoas da sua organização para perto, para dentro do seu projeto ou a par do seu processo de trabalho. 

  1. Sentimento de autonomia e ownership

A experiência que você disponibiliza, o conhecimento que você compartilha será sempre seu. Isso provoca uma sensação de dono, de propriedade de algo que foi feito e que precisa ser disseminado para ter ainda mais valor. 

  1. Tomada de decisões mais inteligentes

Dados são o novo petróleo. Você já deve ter ouvido essa frase em alguma sala de reunião ou ter lido em alguns de nossos conteúdos. É a mais absoluta verdade. 

Hoje, não há como ser competitivo se não souber utilizar corretamente os seus dados. São eles que vão embasar tomadas de decisões cada vez mais assertivas, alinhadas e inteligentes. 

  1. Minimiza a perda de conhecimento

Redução do risco de perder dados e informações que podem ser muito úteis no futuro.

Como começar a Gestão do Conhecimento na sua empresa?

Ao longo do tempo, realizamos uma série de projetos para clientes que demandavam a disponibilização de informações prévias.

Tendo em vista a dificuldade de conseguir essas informações, notamos que grande parte das empresas, em diferentes níveis de maturidade digital, têm uma dor em comum: a descentralização do conhecimento gerado dentro da empresa.

Com isso, identificamos a necessidade de uma solução/ferramenta definitiva para gestão do conhecimento.

Construímos, então, uma fábrica de soluções, que permite a você explorar o valor real das ferramentas digitais para impulsionar seu negócio. Os serviços abrangem migração para a nuvem, automação de processos e controle integrado do conhecimento e garantem:


Vamos explicar melhor como funciona através de um passo a passo simples, que você pode começar a implementar na sua empresa hoje mesmo. Acompanhe!

1) Capturar o conhecimento

“Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito.”

Pitágoras

2) Melhorar o acesso ao conhecimento

Esse propósito depende da facilitação do seu acesso e da transferência entre seus colaboradores.

“As pessoas podem tirar tudo de você, menos o seu conhecimento.”

Albert Einstein

3) Aprimorar o ambiente organizacional

Criando políticas de incentivo ao compartilhamento do conhecimento entre as pessoas.

“Compartilhe seu conhecimento. É uma maneira de alcançar a imortalidade.”

Dalai Lama XIV

4) Valorizar o conhecimento disponível

Algumas organizações estão incluindo o capital intelectual em seus balanços, enquanto outras aproveitam o ativo para gerar novas formas de receitas, reduzir custos e inovar.

“Um povo sem conhecimento da sua história, origem e cultura é como uma árvore sem raízes.”

Marcus Garvey

Defenda a Gestão do Conhecimento na sua empresa!

Quer levar essa ideia para o seu gestor ou mostrar para a sua equipe como pode ser interessante implementar uma Gestão do Conhecimento? Confira o pitch que preparamos com dois cases de sucesso e dissemine a ideia na sua empresa!

Se precisar de mais conteúdos para embasar o seu pitch, acesse nossa biblioteca e confira todos os nossos materiais. Boa apresentação e boa leitura!

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter