12/27/2019
Por
MJV Team

Gêmeos Digitais: como usar essa tecnologia para otimizar os processos da sua empresa

Os Gêmeos Digitais, ou Digital Twins, são representações digitais de ecossistemas físicos. Mais especificamente, são ativos virtuais de produtos, processos e operações industriais.

Simulações que redesenham linhas inteiras de produção em minutos, facilitando bastante a tomada de decisão.

A tecnologia está entre as principais ferramentas de decisão. A única capaz de proporcionar estimativas, bem realistas, dos impactos de ambientes incertos sobre a performance do seu negócio.

Você já ouviu falar nessa tecnologia? 

Nós já publicamos um e-book bastante completo sobre o tema — se você ainda não leu, clique aqui e baixe agora mesmo. É dele que extraímos algumas informações para o post de hoje.
Continue lendo para ver como você pode usar a tecnologia de Gêmeos Digitais para otimizar processos e potencializar resultados em seu negócio!

O que são gêmeos digitais

Na definição da Gartner, “um gêmeo digital é uma representação digital de uma entidade ou sistema do mundo real. A implementação de um gêmeo digital é um objeto ou modelo de software encapsulado que reflete um objeto físico, processo, organização, pessoa ou outra abstração únicos”. 

A Gartner também aponta que “os dados de vários gêmeos digitais podem ser agregados para uma visualização composta de várias entidades do mundo real, como uma usina ou uma cidade, e seus processos relacionados”.

Na prática,  um gêmeo digital pode reduzir o custo operacional e prolongar a vida útil de equipamentos e ativos.

Um gerente de frota monitora a localização de trezentos caminhões e sua aptidão mecânica, velocidade e consumo de combustível atualizados. As equipes de manutenção em uma cidade inspecionam a infraestrutura e os serviços para estruturas subterrâneas, como sistemas de água, de um local remoto em tempo real. Esses cenários nos dão um vislumbre do potencial dos gêmeos digitais.

Gêmeos digitais também agregam valor às abordagens analíticas tradicionais, melhorando a consciência situacional e permitindo melhores respostas às mudanças nas condições, principalmente para otimização de ativos e manutenção preventiva. 

Eles também podem reduzir as despesas operacionais e potencialmente as despesas de capital, prolongando a vida útil do objeto que representam e otimizando o desempenho do ativo à medida que ele é executado.

Os CIOs podem explorar o conceito de gêmeo digital para permitir que as partes interessadas monitorem e tomem decisões informadas sobre o estado das coisas físicas reais, seu contexto e tomem medidas para otimizar seu estado futuro.

Em suma, um gêmeo digital é uma representação digital de um objeto físico. Ele inclui o modelo do objeto físico, dados do objeto, uma correspondência individual exclusiva com o objeto e a capacidade de monitorar o objeto.

Como usar gêmeos digitais na sua empresa

Em muitos negócios, a aplicação de gêmeos digitais já está em andamento. Em outros, essa estratégia ainda está em experimentação.

Em linhas gerais, esses são os conselhos para quem quer começar a empregar essa tecnologia em seus projetos:

  • Foco nos objetivos: entenda os principais benefícios comerciais dos gêmeos digitais antes de investir para construí-los;
  • Avalie a prontidão para a adoção: um elemento paralelo é entender a prontidão da empresa para adotar iniciativas que vão alavancar os gêmeos digitais;
  • Busque simplicidade: evite construir um gêmeo digital se os objetivos de negócios puderem ser alcançados com indicadores básicos de sensores em questões críticas de desempenho;
  • Inclua verificações e balanços: desenvolva indicadores líderes com métricas que possam ser usadas para medir o progresso de iniciativas digitais duplas, que podem levar alguns anos para atingir os objetivos financeiros.

7 passos para usar Gêmeos Digitais na otimização de processos empresariais

Mas como fazer para criar uma réplica digital de algo que precisa interagir ou compreender?

A seguir, confira sete passos vão ajudar você e sua equipe a começar essa jornada.

1. Descubra o que transformar em gêmeo

Entender seu negócio e mapear as oportunidades que sua empresa apresenta para implementação dos Gêmeos Digitais, a abordagem Design Thinking é uma ótima solução para essa etapa.

Você deve pensar em que processos, ferramentas ou métodos devem ser duplicados. Para isso, verifique os objetivos de negócio e o potencial tecnológico de criar um gêmeo digital. 

2. Monte uma estratégia

Criar uma Estratégia Humanizada de Gêmeos Digitais.

Gêmeos digitais são construídos sobre modelagem de simulação — combinando um modelo de simulação com dados de sua contraparte do mundo real. 

3. Engaje as áreas

Busque envolvimento para além do time de TI. Os departamentos nos quais os gêmeos digitais serão aplicados também precisam entender seu projeto. 

Inclusive os usuários devem estar a par dos benefícios dessa estratégia. Só assim, as pessoas poderão aproveitar melhor as facilidades que vão surgir.

4. Treine as pessoas

Treinar sua equipe para essa Transformação Organizacional é sempre fundamental. Quando se trata da adoção de métodos e ferramentas inovadores, essa verdade é ainda mais urgente.

Com treinamento, os usuários resistem menos à mudança e se comprometem mais no aproveitamento da tecnologia.

5. Implemente as ferramentas necessárias

Escolher ferramentas alinhadas ao seu modelo de negócio para construir o seu

gêmeos digitais também é muito importante.

As mais usadas no mercado hoje são: FlexSim, ProModel e Simio.

6. Capriche nos testes

Inicie uma rodada de testes para os colaboradores. Antes de colocar um gêmeo digital para rodar pra valer, também é importante fazer alguns testes e simulações.

7. Avalie os resultados

Por fim, nunca perca de vista que é preciso analisar os resultados. Essa avaliação de resultados deve ser constante, uma vez que um investimento foi realizado (é preciso saber quais os retornos obtidos).

Para finalizar, queremos lembrar que a Transformação Digital não é meramente a evolução tecnológica. O que vai alicerçar esse processo é a capacidade de transformar a

cultura de uma organização. 

Fica cada vez mais nítido que somente implementar tecnologias disruptivas (como gêmeos digitais) na empresa pode não ser tão útil quanto se pensou no planejamento. É preciso aculturar a mudança paralelamente, pensar mais em pessoas do que em processos. 

Que tal, você está preparado para usar a tecnologia dos gêmeos digitais para otimizar processos na sua empresa? Aprofunde-se ainda mais neste tema; baixe agora mesmo o e-book Gêmeos Digitais: o novo ciclo do desenvolvimento de produtos!

Ebook - Gêmeos Digitais - MJV Technology & Innovation

 

 

Voltar