07/15/2019
By
MJV Team

Descubra como fidelizar o cliente com o Meaningful Banking

Se você acompanha as publicações e as redes sociais da MJV, sabe que estamos falando sobre Meaningful Banking há algum tempo.

Consideramos que o Meaningful Banking é a pauta do momento, afinal, descobrir como fidelizar o cliente é o que vai diferenciar sua empresa da concorrência principalmente quando levamos em conta que esse cliente está mais exigente.

Meaningful Banking é justamente a mistura entre emoções e finanças para transformar o modelo de negócio dos bancos, ainda tradicionais. A ideia é fazer uma imersão na realidade da clientela para criar experiências mais empáticas e humanizadas. Assim, a instituição financeira deixa de ser apenas transacional e passa a ser lembrada de verdade pelo cliente.

Chegou o momento de mostrarmos como você pode aplicar esse conceito na prática para conquistar o seu público na era digital. Acompanhe!

1. Design Thinking: mapeie as necessidades

O Design Thinking é uma abordagem criativa voltada para a inovação, que utiliza métodos próprios para a identificação e solução de problemas. Outro aspecto da abordagem que merece atenção é o fato de que o DT tem o ser humano em seu foco, gerando soluções que alinhadas ao desejo e as necessidades do usuário.

Não há metodologia mais apropriada para criar um banco com significado. As etapas de imersão, ideação e prototipação, comuns do DT, são fundamentais para que você desenhe estratégias capazes de encantar os seus clientes.

A preocupação em entrar no universo dos stakeholders é um dos maiores diferenciais do Design Thinking.

2. Business Plan: repense sua abordagem

Como vimos, o DT é indispensável para que você faça uma verdadeira “imersão” no universo do cliente. Agora, com as informações coletadas, você consegue desenvolver um Business Plan matador com uma abordagem mais humanizada e que realmente foque nas necessidades dos usuários.

Para criar um banco com significado, é importante contemplar novos valores, posicionamentos e estratégias. Fazer o Business Plan voltado para o Meaningful Bank, portanto, é a virada de chave para que transforme de vez o seu banco.

Você precisa definir, acima de tudo, quais serão os valores e a visão da sua instituição para o longo prazo. A digitalização está transformando completamente o relacionamento com os usuários é justamente por isso que você deve se antecipar!

3. User Experience: ajuste o seu foco

Para fazer a virada para o Meaningful Banking, sua empresa precisa ajustar o foco e os esforços para atender melhor o usuário. Quaisquer produtos, serviços ou processos precisam estar alinhados ao User Experience (UX). É assim que você se mantém competitivo no mercado. 

Esse ajuste é fundamental para que os bancos deixem de oferecer apenas um cartão de crédito ou uma simples conta bancária. A partir do foco em UX, você oferece experiências memoráveis, capazes de cativar o seu cliente.

4. Data Science: gere inteligência de negócios

Dados funcionam como a nova vertente de negócios para muitas empresas. Quando bem trabalhados e tratados, se transformam em conhecimento, ou seja, em inteligência de negócios.

Muitas organizações já utilizam os dados para antever as necessidades e os comportamentos dos clientes. Esse é o caminho para que ajam proativamente e desenvolvam soluções focadas nos usuário.

Como pode perceber, o Data Science é indispensável para que possa trabalhar com o conceito de Meaningful Banking na sua empresa. O cientista de dados ajuda a monitorar o comportamento do cliente e, dessa forma, pode oferecer as soluções que precisa, no momento certo.

5. Open Innovation: abra o caminho para a inovação

As instituições financeiras ainda enxergam as fintechs como concorrentes. Estão erradas? Em partes, não. Acontece que muitas organizações tradicionais já estão repensando seus modelos de negócios para incorporar essas fintechs. Sim, é possível crescer em parceria com as startups.

Programas de aceleração, incubadoras e até a aquisição direta dessas startups são modelos que vêm sendo utilizados por grandes bancos para “importar” a inovação. O movimento é fundamental, afinal, vivemos em um cenário extremamente disruptivo.

Desenvolver o ambiente para a inovação é um dos caminhos para criar um banco cheio de significado. É justamente dessa forma que vai atender o seu cliente da melhor forma possível.

Meaningful Banking no contexto digital

Na era digital, a atenção em relação ao seu cliente deve ser redobrada. Em instantes, ele pode pesquisar e comparar serviços oferecidos pelos concorrentes, concluindo sua escolha com apenas um deslizar de dedos. É por esse motivo que você deve se diferenciar pela criação de um banco com significado.

Trabalhar com uma boa comunicação e criar um atendimento personalizado é um trabalho difícil, principalmente no caso dos grandes bancos, que possuem milhões de clientes. Com o Data Science e a Inteligência Artificial, você contorna esse problema e consegue fazer um atendimento focado nas necessidades de cada um deles.

O mais importante é desenvolver a sua visão de negócios e definir valores que realmente estejam em consonância com as expectativas dos seus cliente. 

Está pronto para criar um Meaningful Banking? Então entre em contato conosco para descobrir como podemos ajudá-lo!

Ebook - Meaningful Banking - Bancos apostam em tecnologia para focar na experiência do usuário

Voltar