Fique por dentro! Assine nossa newsletter

09/01/2020
Por
MJV Team

Conheça as 3 grandes áreas da TI Corporativa

Que a TI pode revolucionar a maneira como as empresas guiam seus negócios, você já sabe. A expertise em análise de dados pode ser decisiva na tomada de decisão para obter resultados surpreendentes. Além disso, o investimento em sistemas inovadores proporciona novas experiências para o consumidor e novos padrões de qualidade.

Também já falamos aqui que, no futuro, todas as empresas serão orientadas pela tecnologia. Nesse sentido, posicionar a TI estrategicamente faz toda diferença para alcançar resultados ainda mais exponenciais. 

Para isso, é preciso entender o nível de maturidade da sua TI – sim, existem muitos. Inclusive, nós preparamos uma ferramenta para isso. 

Independente do lugar em que sua corporação esteja, aprender a utilizar a TI de forma corporativa é um desafio cada vez mais estratégico. Ainda mais se levarmos em consideração o momento de crise mundial pelo qual estamos passando. 

Nesse artigo, vamos falar mais sobre as macro áreas da TI e como cada uma delas pode te ajudar a alcançar seus objetivos de negócio. Acompanhe! 

TI Estratégica

A virada de chave para uma TI Estratégica precisa acontecer. Para isso, é preciso entender bem o que ela é e compará-la com a TI Operacional. São diferentes perspectivas: a primeira posiciona os profissionais da área no centro da tomada de decisão; enquanto a segunda é limitada, focada apenas na execução de tarefas.

Ebook – TI Estratégica: a virada de chave

O que é necessário para formar uma TI Estratégica? 

Confira os 4 pilares principais:               

Inovação/Disrupção

As organizações precisam encontrar novas maneiras de se aproximar dos seus clientes e repensar seus produtos e serviços, com uma abordagem voltada para o Data Science. Muitas companhias já perceberam que vender dados é a verdadeira vertente digital dos seus negócios. Esse é o novo diferencial competitivo.

Nesse campo, o Design Thinking — que foca em desenvolver soluções inovadoras para os usuários e stakeholders — e as metodologias ágeis — que buscam melhorar a qualidade das entregas e o desempenho de projetos — podem fazer toda a diferença no seu negócio. 

Desempenho/Manutenção

Tão importante quanto inovar é manter a estrutura e o funcionamento da TI a todo vapor. Uma abordagem DevOps, que aproxima desenvolvimento e operação com ajuda da automação de processos de governança, quando incorporada, agiliza a entrada das aplicações em produção e rompe as barreiras que muitas vezes separam esses ambientes. 

Outra solução nesse sentido é o outsourcing. Esse modelo proporciona agilidade e qualidade para o time de TI, já que a organização pode escolher e trocar os profissionais de acordo com suas necessidades.

Cultura/Mindset

Os aspectos culturais influenciam diretamente os resultados e a percepção da TI como um diferencial estratégico. A disseminação de um mindset de inovação precisa acontecer o quanto antes. Além disso, fomentar a cultura da experimentação, com ambientes propícios para testes, facilita muito o desenvolvimento de novas soluções e mitiga falhas.

Outro aspecto cultural que deve ser observado é a aproximação do departamento de TI com as demais áreas. A ideia de segregar os profissionais em setores e até espaços isolados dentro da empresa cria um misticismo desnecessário em relação à TI, que dificulta o entrosamento e a colaboração.

Planejamento/Estratégia

Trazer a TI para o centro da tomada de decisão também é fundamental. Como vimos, limitar o setor ao campo operacional não é uma boa ideia em tempos de transformação digital e pode comprometer os resultados e o próprio posicionamento da empresa no mercado.

A TI contribui analisando a viabilidade dos projetos da empresa, sugerindo processos mais ágeis e incorporando a tecnologia no centro da estratégia de negócios. Tudo isso pode acontecer com uma dinâmica Lean Startup, que busca agilidade no lançamento de novos produtos, serviços e processos.  

 As 3 áreas da TI Corporativa

Com a evolução cada vez mais rápida da tecnologia e a necessidade sempre latente de melhorar processos – ainda mais no contexto da pandemia mundial pela qual estamos passando -, a TI deixa de ser apenas um setor e se transforma na grande provedora de serviços de tecnologia.

Essa mudança de paradigma não ocorre da noite para o dia e demanda uma infra suficientemente robusta para que o ambiente de TI funcione em sincronia e a corporação tenha seus sistemas funcionando constantemente, com boa performance e de forma segura e confiável.

  • Administração de Servidores

Vamos começar pela definição do que é um servidor. Pode parecer óbvio, mas muitas vezes trata-se de um conceito nebuloso para quem não é especificamente da área de TI.

Definindo de maneira simplória, um servidor é como se fosse um computador que está ligado à rede o tempo todo. Porém, dependendo das suas funções, um servidor pode não ser nem parecido fisicamente com um computador. Se sua empresa tiver muitas exigências computacionais, talvez tenha dezenas de milhares de servidores – chamados datacenters

Se não é algo tão simples nem de definir, certamente não é algo fácil de ser administrado. Isso está diretamente ligado ao nível de maturidade da sua TI, como falamos anteriormente. 

Em termos de Administração de Servidores, acredite: grande parte das atividades ainda são manuais. E como praticamente todo ambiente corporativo depende quase que exclusivamente do bom funcionamento das redes, é necessário ter um time robusto para que o sistema funcione de maneira eficaz e produtiva. 

Mas se a Administração de Servidores é um problema para você, temos uma boa notícia: DevOps pode te ajudar! Com o rápido avanço das técnicas dessa metodologia, algumas empresas já saíram na frente e consolidaram a automação como as melhores práticas nesse sentido.

Quer entender melhor como isso é possível? Confira nosso ebook “DevOps: reduza o tempo de entrega da sua T.I.”! 

  • Administração do Ambiente de TI

O ambiente de TI nada mais é do que a estrutura necessária para que a TI funcione. 

Engana-se quem pensa que aqui estamos falando somente sobre equipamentos e cabeamento de rede. O Ambiente de TI engloba todos os componentes de TI de uma empresa, todos os recursos que formam o ambiente onde rodam os sistemas de informação.

  • Monitoramento da infraestrutura

Conforme sua corporação cresce, aumenta também a necessidade de um sistema robusto que controle, monitore e mantenha a qualidade do funcionamento. Isso inclui profissionais capacitados e experientes, e ferramentas confiáveis. 

São as ferramentas, inclusive, que vão proporcionar que os profissionais trabalhem com um certo conforto dentro do ambiente de TI. Isso porque elas servem para monitorar e disparar avisos no caso de perda de performance e conexão ou qualquer tipo de incidente nos sistemas.

É importante lembrar que esse monitoramento precisa ser feito 24/7. E se você quer garantir que sua TI esteja operando sempre com qualidade e sem interrupções, é necessário ter uma equipe de plantão no caso de qualquer intercorrência. 

Uma dica: RPA pode ajudar – e muito – nesse monitoramento!

O que você precisa para virar a chave?

Se você chegou até aqui, já sabe que a infraestrutura de TI é um investimento necessário em todas as empresas, independente do porte e do setor. A Transformação Digital está aí e o isolamento social virou o que faltava da chave para a migração total para o ambiente remoto. 

Nesse sentido, é a TI que vai proporcionar o arcabouço necessário não somente para a sua corporação rodar, mas também para manter as operações funcionando e entregando serviços e produtos com qualidade para seus clientes. 

Porém, nem só de equipamentos e estrutura se faz uma TI. Existe um elemento que é fundamental nessa equação e que faz toda a diferença: a equipe. Para operar com segurança e qualidade, é preciso ter um time capaz de operar sistemas complexos e que saiba lidar com as adversidades que com certeza irão aparecer no dia a dia. 

Como nem sempre a busca por profissionais que supram as necessidades é uma tarefa fácil, você pode pedir ajuda. É aí que entra o Outsourcing de TI. Acredite: a equipe certa é capaz de resolver os desafios mais complexos desse novo tempo de forma rápida, barata e eficaz, garantindo agilidade e qualidade. 
Se você precisa de ajuda para estruturar a sua TI e encontrar um dream team de dar inveja, nós podemos te ajudar. Entre em contato com nossos especialistas e vamos conversar sobre os seus desafios e planos para 2021!

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter