11/04/2019
By
MJV Team

Por que é tão importante investir no seu time de TI ?

A estratégia de TI (estratégia de Tecnologia da Informação) é um plano abrangente que descreve como a tecnologia deve ser usada para atender às metas de TI e de negócios.

Hoje, nenhuma empresa pode se dar ao luxo de não ter uma TI estratégica. E num futuro próximo, no qual praticamente todo negócio será de Inteligência Artificial, essa verdade será ainda mais incisiva. Essa é a reflexão que trazemos aqui. 

Continue lendo para entender por que a área de TI é bastante estratégica, embora nem todas as empresas tenham essa percepção. 

Você também vai ver algumas dicas para chegar ao estado da arte no que diz respeito à TI estratégica!

Por que sua TI deve ser estratégica?

Todos sabemos que a tecnologia ajuda a manter o fluxo de dados, gerenciar contatos, rastrear processos e preservar registros (de funcionários, de negociações etc.).

Ela possibilita operações, eficientes e eficazes com o mínimo de mão de obra e ajuda, a reduzir o custo de fazer negócios — mantendo-as conectadas a fornecedores, clientes, força de vendas etc. 

Devido à sua capacidade de otimizar os custos operacionais, a tecnologia também oferece acesso instantâneo a suprimentos e informações. Assim, as organizações possam oferecer preços acessíveis de produtos e serviços sem sacrificar a qualidade. 

A infraestrutura tecnológica afeta a cultura, a eficiência e as relações de um negócio. Também afeta a segurança de informações confidenciais e vantagens comerciais.

Como imaginar um negócio com diversas unidades sem ferramentas tecnológicas?

A tecnologia cria uma dinâmica de equipe dentro de uma organização porque os funcionários em diferentes locais têm melhores interações. Se os gerentes de fábrica puderem se comunicar com os coordenadores de remessa em um local diferente, as tensões e a desconfiança têm menor probabilidade de evoluir.

O que muitos gestores ainda parecem ignorar é que a TI precisa ir além do operacional. Ela deve e pode gerar valor ao modelo de negócios e, inclusive, abrir caminho para novos formatos, mais modernos e sustentáveis. 

Por exemplo, muitas companhias já perceberam que monetizar dados é a verdadeira vertente digital dos seus negócios.

As organizações mais modernas e arrojadas também já perceberam que a ideia de segregar os profissionais em setores e até espaços isolados dentro da empresa cria um misticismo desnecessário em relação à TI, que dificulta o entrosamento e a colaboração.  

Em suma, a TI, quando tratada de maneira estratégica, contribui analisando a viabilidade dos projetos da empresa, sugerindo processos mais ágeis e incorporando a tecnologia no centro da estratégia de negócios.

→ Confira agora mesmo um infográfico com dicas práticas para alavancar os resultados do seu time de TI!

Qual o grau estratégico da sua TI?

Parece bastante subjetivo avaliar o grau de estratégia de um departamento de TI, mas não é. Nós preparamos um guia para isso, baseado em um questionário bastante rápido de ser respondido. 

A seguir, veja algumas perguntas que você deve responder com máxima sinceridade para ver o quão estratégico é o seu time de tecnologia.

  • Atualmente a TI fornece dados para os gestores decidirem?
    A TI é estratégica quando o time tem condições de fornecer dados e insights fundamentais para qualificar a tomada de decisão, com práticas de Data Science, por exemplo — de maneira automatizada, de preferência.
  • A TI ajuda a liderar o processo de geração de novos produtos e serviços da empresa? 
    A visão do profissional de TI no processo de geração de novos produtos e serviços é fundamental. Se ela já é considerada, sua TI é estratégica.
  • A TI comunica seus projetos e objetivos em toda a organização?
    Se o departamento de TI é administrado de forma estratégica, ele dialoga/interage com todos os demais. Por isso, demonstra claramente seus projetos não apenas para o board executivo, mas a áreas como vendas, marketing e outras.
  • A TI lidera a inovação em sua empresa? 
    Conhecedor das tecnologias disruptivas que não param de surgir, o departamento de TI é o driver da inovação corporativa, quando estratégico. Ele agrega mais valor para a companhia e desenvolve abordagens que podem, de fato, transformar o mercado.

Como ter uma TI mais estratégica?

Para deixar de ver o departamento de TI como um suporte, que não gera resultados diretamente, é preciso elevá-lo ao status de estratégico. Basicamente, as diferenças entre uma TI “tradicional” e a estratégica é perceptível nestes termos:

Modelo de TI operacional

    Modelo de TI estratégica

  Focada na execução de tarefas        

    Participação ativa na tomada de decisões    

Reativa (vive apagando incêndios)

 Prospectiva e analítica 

Focada em problemas

    Focada no usuário

Geradora de soluções incrementais

 Criadora de soluções inovadoras

Isolada dos demais departamentos

  Colaborativa

Planejamento operacional

               Planejamento estratégico ágil   


Por fim, confira duas dicas para começar a tornar o departamento de TI mais estratégico em sua empresa!

Tudo começa pela liderança

Uma TI estratégica requer uma forte liderança. O gestor de tecnologia (CIO) precisa trabalhar em estreita colaboração com os departamentos de negócios, orçamento e jurídico, bem como com outras linhas de negócios e grupos de usuários para alcançar o sucesso.

É importante montar um planejamento estratégico

As organizações formalizam sua estratégia de TI em um documento escrito ou mapa estratégico de balanced scorecard, por exemplo.

O plano e sua documentação devem ser flexíveis o suficiente para mudar em resposta às novas circunstâncias organizacionais. 

Também devem ser responsivos às condições de mercado, prioridades e objetivos de negócios, restrições orçamentárias, conjuntos de habilidades disponíveis e competências essenciais, avanços tecnológicos e necessidades dos usuários.

Que tal, nós te ajudamos a refletir sobre a importância de investir mais em seu time de TI? Você está preparado para trabalhar para tornar a TI estratégica a partir de agora? 

Aprofunde-se mais neste tema baixando agora o e-book TI Estratégica — A virada de chave!

 

Voltar