08/06/2019
By
MJV Team

Open Source: o crescimento sustentável no mercado da tecnologia

Em geral, quando falamos em Open Source estamos nos referindo a qualquer programa cujo código fonte é disponibilizado para uso ou modificação, conforme os usuários ou outros desenvolvedores considerem adequado.

Mas, você sabia que o Open Source pode ser bem mais que isso? Sabia que qualquer área do seu negócio pode se inspirar nos princípios e métodos Open Source para se tornar ainda mais capacitada e inovadora?

É essa a reflexão que trazemos neste artigo. Continue lendo para entender!

O que é o Open Source

A Gartner define assim o conceito de Open Source: “software que vem com permissão para usar, copiar e distribuir, seja como ou com modificações, e que pode ser oferecido gratuitamente ou com uma cobrança. O código fonte deve ser disponibilizado”.

Entrando mais no específico, Open Source é uma marca de certificação de propriedade da Open Source Initiative (OSI). Desenvolvedores de software que se destinam a ser compartilhados livremente e possivelmente melhorados e redistribuídos por outros podem usar a marca registrada Open Source se seus termos de distribuição estiverem em conformidade com a Definição de Código Aberto do OSI.

Para resumir, podemos considerar uma solução tecnológica está sob o guarda-chuva do Open Source quando:

  • O software que está sendo distribuído deve ser redistribuído para qualquer outra pessoa sem qualquer restrição;
  • O código fonte é disponibilizado para que a parte receptora possa aprimorá-lo ou modificá-lo;.
  • A licença pode exigir versões aprimoradas do software para transportar um nome ou versão diferente do software original. 

Mindset Open Source — muito além do código aberto

Mas o conceito de Open Source vai muito além do código aberto, ou, em outras palavras, muito além das quatro paredes nas quais estão os times de desenvolvimento de produtos tecnológicos. 

As empresas de hoje devem adotar uma mentalidade empreendedora para acompanhar as mudanças contínuas, as tendências de mercado, as soluções lançadas rapidamente e as novas demandas dos clientes.

A necessidade de agilidade coloca a TI na frente e no centro da transformação dos negócios. Ela gera imenso valor ao intermediar serviços que permitem que os negócios sejam dimensionados sob demanda.

Ao mesmo tempo, as empresas de hoje enfrentam mudanças contínuas. Para manter o ritmo, precisam garantir inovação contínua. E para conseguir isso, uma boa escolha é seguir os desenvolvedores de código aberto. 

A tecnologia Open Source permite a inovação contínua, pois é construída por uma comunidade de desenvolvedores apaixonados. Em uma comunidade de código aberto, os desenvolvedores nunca param de procurar maneiras de melhorar as aplicações que constroem. Eles implantam rapidamente novos recursos inovadores e se controlam mutuamente por meio de inspeção contínua. Essa mentalidade colaborativa leva a tecnologias mais eficazes que estão melhor posicionadas para evoluir com conceitos emergentes.

Em suma, ao se inspirar nos times de desenvolvimento Open Source, empresas inovadoras constroem o que chamamos de “mindset Open Source”, ou seja, uma mentalidade colaborativa, de construção, testes e implementações colaborativas, criativas e, consequentemente, mais inovadoras.

Vantagens do Mindset Open Source

A cultura de colaboração incorporada nas práticas de Open Source traz diversas vantagens para as organizações. 

Empresas como PayPal, Bloomberg e Walmart estão adotando práticas recomendadas de código aberto em suas operações para transformar a maneira como criam soluções, produtos e serviço para sua equipes e seus clientes.

Essa maneira de trabalhar permite que as equipes quebrem barreiras departamentais, reduzam os silos e trabalhem em prol da meta compartilhada de permitir as prioridades de negócios. É uma abordagem que outros departamentos, além da TI, devem incorporar para garantir um ambiente empresarial inovador. 

Dessa forma, os times (de projetos específicos, de departamentos, unidades de negócio etc.) se tornam mais eficientes; reduzem esforços duplicados e quebram barreiras para compartilhar e trabalhar colaborativamente, fazendo com que grandes ideias prosperem e a inovação se torne de fato uma realidade.

Como se preparar para esse um Mindset Open Source

Por fim, confira, a seguir, algumas dicas para iniciar o mindset Open Source em seu negócio.

Dê um up em sua força de trabalho

Como já apontamos, Open Source é muito mais do que código aberto. É também sobre pessoas e resultados. Por isso, é fundamental capacitar as pessoas para que elas deixem de lado sua mentalidade tradicional e comecem a ver suas funções sob o filtro da colaboratividade e da inovação.

Em muitos casos, é necessário começar a buscar um perfil mais aberto ao mindset Open Source ao fazer novas contratações. Mas isso não significa que não é possível treinar os profissionais que já fazem parte dos quadros da empresa para essa nova cultura. Investir em treinamentos, participação em eventos e grupos de estudo é um bom começo.

Integre ferramentas e processos

A integração dos sistemas e dos processos internos também é um caminho muito necessário para o mindset Open Source. Afinal, como as pessoas vão trabalhar em colaboração se não conseguem compartilhar o que fazem nos sistemas com outros times, outros departamentos, por exemplo?

Com a computação em nuvem, a integração de softwares está cada vez mais barata, rápida e eficiente. E às lideranças cabe o esforço de remodelar rotinas de trabalho e colocar times que até então pareciam jogar em lados opostos em patamar de igualdade de importância.

Mostre que falhar não é problema

Um outro passo muito importante é demonstrar para os times que falhar não é o fim do mundo. Pelo contrário, fazer testes contínuos e aprimorar abordagens e práticas tem tudo a ver com o mindset Open Source. Não é isso que as equipes colaborativas de desenvolvimento fazem o tempo todo?

Em suma, você deve adotar uma cultura “fail fast” que permita aprender com os erros, inovar e gerar valor ao negócio.

Busque ajuda especializada

Por fim, quando falamos em mudanças culturais dentro das organizações, ajuda externa é fundamental. 

Ao contratar uma boa consultoria especializada em inovação, por exemplo, você garante que serão aplicadas metodologias para a mudança de mentalidade. Isso garante mais sucesso no empreendimento e evita que as resistências à mudança coloquem tudo a perder. 

Que tal, nós te ajudamos a refletir sobre o mindset Open Source? 

Voltar