08/20/2019
By
MJV Team

OKR: Saiba tudo sobre a metodologia de gestão criada pelo Google

A OKR é uma metodologia de definição de metas que ajudou empresas como Google, Intel, LinkedIn e outros gigantes do Vale do Silício a obter sucesso.

A metodologia OKR foi criada por John Doerr, um investidor americano, e apresentada aos criadores do poderoso mecanismo de buscas no início dos anos 2000.

Neste artigo, você vai entender que método é esse, que vantagens ele pode trazer ao seu time (e ao negócio como um todo) e como começar a rodar um ciclo OKR ainda hoje. Continue lendo!

O que é OKR

Acrônimo de Objectives and Key Results, OKR é uma ferramenta relativamente simples para criar alinhamento e envolvimento em torno de metas mensuráveis. 

O OKR também pode ser descrito como um processo rápido que envolve a perspectiva e a criatividade de cada equipe. Criar alinhamento na organização é um dos principais benefícios que ele oferece. O objetivo é garantir que todos estejam indo na mesma direção, com prioridades claras, em um ritmo constante.

Mas, espere! No que OKR se diferencia dos já famosos KPIs?

Os KPIs (indicadores-chave de desempenho) são ferramentas de gestão para se realizar a medição e o consequente nível de desempenho e sucesso de uma organização ou de um determinado processo, focando no “como” e indicando quão bem os processos dessa empresa estão, permitindo que seus objetivos sejam alcançados

Já OKR é uma estrutura de definição de metas que cria alinhamento, clareza e transparência, gerenciando estrategicamente a alteração dos KPIs em valores desejados.

Quais os benefícios da abordagem OKR

Bem aplicada essa metodologia ajuda as empresas a conseguir três coisas:

  1. Foco — O que fazemos e o que não fazemos como negócio?
  2. Alinhamento — Como podemos garantir que toda a empresa se concentre no que mais importa?
  3. Aceleração — Como maximizar o potencial da equipe?

Falando de uma maneira bem prática, OKR compõe um sistema que mostra como tudo que uma pessoa faz se conecta ao trabalho de outras pessoas. 

Se um funcionário sabe que não cumprir suas metas dificulta as conquistas para as pessoas de outros departamentos, eles vão querer se esforçar mais. 

Quando todos sabem como seu trabalho é importante, isso aumenta o engajamento geral, a motivação e a determinação. É um efeito psicológico: ninguém quer ser o elo mais fraco, então eles se esforçam mais. 

Neste sentido, OKR é uma ferramenta muito poderosa.

Para membros da equipe, alguns dos benefícios mais tangíveis são:

  • fazer mais fazendo menos;
  • ser ouvido pelo seu líder;
  • receber elogios de seus colegas de trabalho;
  • ter um gerenciador de tarefas leve para grandes objetivos e objetivos semanais.

Para líderes e gerentes, os benefícios são:

  • saber rapidamente o que está acontecendo com o time;
  • aumento da produtividade;
  • tomar melhores decisões mais informadas;
  • orientar o seu pessoal e dar feedback;
  • medir a satisfação no trabalho.

Dicas para implementar OKR’s com sucesso

Aqui estão algumas dicas práticas que serão muito úteis ao começar a rodar OKR’s no seu negócio.

  • Foco — Você não deve definir mais que 3 OKR simultâneos no nível da empresa. OKRs não são tudo que a empresa faz, são as coisas mais críticas em um dado momento. você deve esperar que as pessoas mantenham o navio executando os outros 80% de atividade sem ele.
  • OKR deve ser transparente — qualquer pessoa na empresa deve ser capaz de ver todos os outros OKR’s! não apenas gerentes. Isso promove uma comunicação clara e melhor colaboração entre equipes e departamentos.
  • OKR deve ser em cascata — comece com o nível da empresa, depois os departamentos e, finalmente, no nível global.
  • comemore os sucessos parciais — as empresas que utilizam a metodologia OKR têm um alto objetivo e isso significa que elas “falham” muito porque atingem, em média, apenas 70% do KR. Você deve sempre encontrar maneiras de celebrar o sucesso parcial.

Como rodar um ciclo de OKR a partir de hoje

Por fim, veja um passo a passo para rodar um ciclo de OKR agora mesmo!

1. Defina até três objetivos bem claros (O)

Os objetivos devem ser qualitativos e descrever o resultado desejado. Por              exemplo: compreender as necessidades do cliente. Não há necessidade de ter métricas para um objetivo (você vai precisar delas nos resultados chave, mas isso vamos discutir um pouco mais tarde).

Considere as seguintes características para definir bons objetivos: 

  • acionáveis: os objectivos devem ser metas que uma pessoa ou uma equipe pode executadas de forma independente.   
  • inspiradores: eles devem estimular funcionários e dar-lhes uma razão a ser animado na segunda-feira de manhã, quando indo para o trabalho. 
  • com tempo limite: OKRs deve ser ajustado trimestralmente de modo que as pessoas podem obtê-los o mais rápido possível. 

2. Para cada objetivo, defina resultados-chave (KR’s) mensuráveis

Como já dissemos, os resultados-chave vão te ajudar a medir o quão longe de atingir os seus objetivos você está. Isto significa que deve acrescentar métricas para os objetivos. 

A maneira mais fácil de configurar resultados-chave é seguir o modelo SMART — o que significa que eles devem ser específicos, mensuráveis, realizáveis, relevantes e com tempo limite bem definido. 

Assim, para saber se seus resultados-chave são SMART, responda as seguintes perguntas: 

  • específico: este KR é bem definido e compreensível para todos? 
  • mensurável: posso medir o sucesso ou fracasso? 
  • realizável: ele é realisticamente possível de fazer? 
  • relevante: este KR é  importante para o meu objetivo? 
  • com prazos: eu claramente estabeleci quando a meta deve ser cumprida? (nesta primeira rodada, escolha um prazo de até uma semana, mas tenha em mente que OKRs geralmente têm um tempo limite de um trimestre).  

3. Engaje o time

Com objetivos e resultados-chave bem definidos, vai ficar muito mais fácil convencer o time a trabalhar segundo o método OKR. Saiba que é fundamental que as pessoas se envolvam com essa nova visão, do contrário pode ser bastante frustrante.

4. Gere relatórios e discuta os resultados

Tanto para manter todos no mesmo caminho quanto para mensurar os resultados, é interessante gerar relatórios periódicos. E, mais que isso: sentar com o time e discutir o que foi alcançado e quais foram as dificuldades obtidas na jornada (inclusive o que atrapalhou para o alcance de alguns resultados esperados).

Como você viu, a metodologia OKR é bastante simples de ser implementada e executada. O mais difícil mesmo é trabalhar o mindset da equipe. A partir do momento que todos entendem e se acostumam a esse método, os resultados tendem a se potencializar. 

Que tal, você gostou da nossa maneira de explicar a metodologia OKR? Deixe seu comentário e compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Voltar