Fique por dentro! Assine nossa newsletter

10/15/2020
Por
MJV Team

Funil de marketing: gere mais leads usando Data Science

Vamos começar trazendo um conselho, que foi dado em nosso Report Inovação para os mercados financeiro e segurador…

Disponível para download neste link, em 2019. Apesar de ser do ano passado, esse quote nunca foi tão atual. Acredite: vai ajudar bastante a guiar esses novos tempos

(…) o futuro do futuro indica outro caminho, será alicerçado na comunicação

Enquanto todos estiverem olhando e respirando inteligência artificial, os dados deixam de ser diferencial e passam a fazer parte do mainstream. Data Science torna-se mais uma etapa do processo — um novo normal.

Nesse cenário, quem virá para ocupar o espaço de diferencial estratégico?

Para quem quiser anotar no caderninho, deixamos aqui um pequeno spoiler do futuro do futuro:

Boas histórias geram drivers de valor, e esses drivers é que são avaliados pelos investidores.

– Aswath Damodaran, professor de finanças da Stern School of Business, na Universidade de New York.

O nosso presente já se desenhava lá no passado, entender o perfil consumidor para propor ações mais alinhadas e não desperdiçar tempo e dinheiro.  

Para construir esse conhecimento sobre as necessidades e desejos do usuários, a cultura analítica já aparecia como ótima solução. Mas somente os dados não dariam conta das mudanças, e no futuro veríamos uma base nova surgir, alicerçada na comunicação, no propósito. 

Cultura Analítica: dados como força motriz 

Hoje, não há como ser competitivo sem Data Science e Analytics.

E essa é justamente a virada de chave do Marketing Tradicional para o Marketing Digital: o uso de dados. E, se você chegou até aqui, temos certeza que já sabe o quanto os dados são importantes para planejar, mensurar e ter tomadas de decisão mais assertivas. 

Nesse cenário, ter operações mais inteligentes, analíticas e orientadas por dados, sem perder a visão humana, é essencial para uma transição de sucesso. 

Entender o usuário é a força motriz dessa transformação tão urgente.  

  • Crie soluções para integrar e visualizar os dados – Big Data e Inteligência Artificial vão ajudar. 
  • Para avaliar e validar suas ações e manter todos as informações ao alcance de todos nada melhor do que contar com um Dashboard. 
  • Rotinas de acompanhamento de métricas geram insights valiosos para a estratégia do seu negócio e ajustes no planejamento.

Data Science + Marketing: o novo funil

Sim, Data Science e Marketing podem – e devem! – caminhar juntos. Você já parou para pensar nas infinitas possibilidades de resultados exponenciais que esse casamento pode trazer?

Além disso, podemos dizer que é uma via de mão dupla: Data Science ajuda o Marketing e o Marketing ajuda o Data Science. Como? 

O Marketing utiliza canais digitais 

(essa estratégia é, cada vez mais, é uma realidade nas empresas que querem sobreviver à crise) 

Canais digitais geram alto volume de dados dos clientes e potenciais clientes 

Dados são os insumos que o Data Science precisa para analisar e extrair informações concretas através de um processo bem estruturado

Acesse grátis

Design Driven Data Science

Integrando Design Thinking com Aprendizado de Máquina para soluções em negócios.

Com isso, temos respostas para o Marketing ajustar suas estratégias

Vamos entrar em mais detalhes no tópico a seguir. Confira!

Como funciona? 

O grande gol desse trabalho em conjunto é produzir insights para trabalhar campanhas com mais qualidade e com menor custo. Afinal, o Data Science poderá responder as perguntas que o Marketing precisa para ajustar sua estratégia.

Data Science apoiando o Marketing:

  • Que plataformas devo escolher para investir tempo, dinheiro e treinamento?
  • De que forma posso segmentar minha base de leads para alcançar melhores resultados em campanhas?
  • Como otimizar os resultados das minhas campanhas de email marketing de acordo com a minha base atual?
  • Como e quais testes posso executar em tempo real? (Atenção: a cultura analítica passa necessariamente por testes, ok? Não sabe se algo vai funcionar? Teste, teste, teste e, depois, teste de novo!)
  • Como priorizar uma experiência única para meus leads e clientes? (Lembre-se: o cliente vem sempre em primeiríssimo lugar nas suas estratégias)
  • Quais os melhores materiais recomendar para o meu lead para acertar bem no alvo do seu interesse? (Veja: ficar bombardeando seu cliente com algo que ele não tem interesse é um perigoso tiro no pé!)

Data Science pode responder todas essas perguntas e muitas outras. E esse será o arcabouço do seu Marketing Digital. 

Não tem para onde correr: somente através dos dados você terá uma visão clara e estruturada do funcionamento do Marketing Digital. E somente através dessa visão será possível planejar a estratégia ideal para a sua base.

O buraco é mais embaixo: trabalhando no seu funil de Marketing

Veja: agregando o Data Science ao seu funil de Marketing, ele ganhará um propósito diferente. Ao integrar as duas áreas, os cientistas de dados serão capazes de guiar sua estratégia

  • para o produto/serviço/conteúdo certo
  • no momento certo 
  • para o cliente certo
  • com o discurso certo

Simples assim! 

O processo dos cientistas de dados é o seguinte:

1. Observação da base: vão checar o comportamento dos leads.

2. Hipótese: a partir dessas observações, criarão hipóteses para o que está acontecendo. 

3. Experimento: lembra que falamos nos testes? Somente hipóteses não funcionam. É preciso testar, realizar experimentos para comprovar ou não as hipóteses criadas. 

4. Análise de dados: alcançamos dados com o experimento! Agora precisamos analisá-los, separando o joio do trigo, para checar o que faz sentido e o que irá confirmar ou recusar nossas hipóteses. Nessa etapa, caso elas não se confirmem, será o momento de voltar para a fase 1.

5. Resultados: chegamos em resultados? Ótimo! É hora de compartilharmos! 

Seguindo esse processo, será possível entender verdadeiramente o lead. Fazer uso de técnicas dessa forma tem um impacto direto no ticket médio e proporciona um aumento na taxa de conversão lead-cliente. 

Por quê? O diferencial: você já vai saber, de antemão, como deve falar, sobre o que falar e para quem falar. Vai alcançar a mina de ouro: a atenção do lead.  

Gerando mais leads qualificados

Tudo certo até aqui. Porém, temos que adicionar alguns elementos a essa equação. Elementos que mudam bastante as regras do jogo: isolamento social, pandemia, afastamento dos escritórios e crises.

E agora? Como aumentar os leads qualificados nessa nova realidade em que tudo mudou? 

Calma! Não só é possível, como também pode ser simples. Nossa sugestão é o combo Design Thinking → Data Science → Marketing

A união do DT + DS dá origem ao que chamamos de Design Driven Data Science. E acredite: essa estratégia é capaz de responder essa e outras perguntas,  que está ecoando em várias salas de reunião – virtuais, é claro!

*  

O resultado dessa equação?

Design Thinking → Data Science → Marketing 

= maximização de leads qualificados 

A partir do desenvolvimento de inteligência para a gestão, há o enriquecimento e a distribuição de leads qualificados, possibilitando maiores oportunidades de captação de leads. 

Dessa forma, a bolha das redes de contato é estourada. Ao final, você terá um modelo de recomendação baseado no perfil de colaborador x lead x produto.

Não perca produtividade! 

Conhecer as dores, necessidades e desejos do consumidor é, mais do que nunca, crucial no processo de relevância de marca. E a comunicação é o grande

trunfo para virar o jogo. 

É o momento de reestruturar a estratégia – mais humanizada, verdadeiramente conectada com seus clientes e colaboradores e digital.

É preciso entender seus problemas e traçar um novo caminho, que leve em consideração seus usuários e colaboradores. Cuidar da sua comunidade é prioridade agora. E acredite: quando isso tudo passar, também será. 

Quer entender melhor como gerar mais leads nesse caminho pelo qual o novo normal está nos levando?  Venha bater um papo com nossos cientistas de dados e marketeiros. Eles vão adorar conhecer seus desafios e contar um pouco mais sobre nossas soluções!

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter