09/19/2019
By
MJV Team

Business Analytics: Como preparar sua empresa para a cultura analítica

Chegou a hora de ajudarmos você a refletir sobre como pode preparar sua empresa para uma cultura analítica.

Há algum tempo nós estamos tratando do tema Business Analytics aqui no blog. Já publicamos um artigo explicando detalhes sobre este conceito e mostramos como ele é capaz de transformar o seu negócio.

Também temos um e-book bastante detalhado em nossa biblioteca — que você pode baixar agora

Continue lendo para descobrir o que você pode fazer para que seus profissionais, processos e sistema corporativo sejam orientados pela análise estratégica de dados!

Tudo começa pela mentalidade: desenvolva um “Mindset Data-first”

As organizações estão em transformação digital e, por isso, já trabalham com a cultura dos dados. No entanto, não são todas que desenvolvem conscientemente essa linha de pensamento.

Algumas até têm a mentalidade da análise de dados no board executivo, mas ela não é igualmente distribuída nos demais níveis da hierarquia. 

Nesse caso, é fundamental desenvolver o que os especialistas estão chamando de “mindset data-first”, um pensamento que põe os dados como protagonistas na estratégia corporativa para tomada de decisão. 

Esse esforço está calcado na conscientização de que a transformação digital não envolve apenas coletar mais dados. As empresas se transformam para modernizar, e modernidade significa aproveitar todo o conhecimento possível sobre os dados — internos e externos. 

Para alcançar o sucesso a longo prazo é preciso priorizar a infraestrutura e os recursos necessários para alavancar e extrair dados em todo o seu potencial.

Ao mesmo tempo, é fundamental que todos os colaboradores entendam o poder dos dados e tenham habilidades para aproveitá-los no cotidiano. 

Uma dica de ouro: crie comunicações e promova palestras; incentive a realização de cursos sobre análises de dados. E, principalmente, contrate especialistas e profissionais em geral com essa mentalidade já construída. 

Business Analytics requer controle de todos os dados possíveis e metas mensuráveis

Em seguida, é preciso tomar decisões baseadas em dados. E isso implica em tê-los. Considerando como as plataformas de software baseadas em nuvem têm baixo custo, não há nenhuma desculpa para não coletar, armazenar e analisar os dados que você precisa para ter mais agilidade na tomada de decisão. 

A empresa deve analisar os dados gerados internamente em ferramentas como Google Analytics, CRM, ERP, BI etc. E também aqueles coletados em fontes externas (mídias sociais, dados de concorrentes, de mercado etc.). 

A boa notícia é que as ferramentas de coleta e as técnicas de análise de hoje permitem que você transforme qualquer coisa em dados. 

Outro ponto importante: definir metas que são mensuráveis obriga a equipe responsável a analisar por que não conseguiu atingir a meta. A única maneira de provar o que deu errado é olhar os dados. 

Isso deve ajudá-los a ver quais variáveis ​​afetam quais partes do seu negócio. Tudo o que o time faz deve ter alguma saída mensurável. 

Esses “objetivos” não são apenas de alto nível, eles também devem ser usados ​​para projetos considerados menores no cotidiano do negócio. Isso não apenas ajuda a avaliar desempenho, mas deve ajudar os profissionais a sentir que estão contribuindo para o resultado final da empresa.

Certifique-se de que os dados estejam disponíveis para todos

Depois de coletar e armazenar todos esses dados, você precisa ter certeza de que eles estão disponíveis para todos na sua organização. 

Os dados não deveriam estar apenas nas mãos dos cientistas de dados do departamento de TI. Para promover uma cultura orientada por dados, cada departamento deve apropriar-se das informações que precisa para tomar decisões relevantes e em tempo hábil.

Para que isso seja possível, o treinamentos dos funcionários é bastante recomendado.

Busque ajuda especializada em Business Analytics

Por fim, uma dica bastante importante, especialmente para as empresas que estão começando essa jornada: busque quem entende do assunto. 

Uma boa consultoria poderá ajudá-lo a criar um projeto de Business Analytics, orientá-lo na contratação de profissionais qualificados, indicar ferramentas e inserir metodologias inovadoras no dia a dia da empresa. 

A experiência e o olhar externo trazidos por uma empresa especializada podem fazer o projeto avançar muito mais rapidamente. Além de colaborar para que o “mindset data-drive” se desenvolva com menos resistência em sua empresa. 

Gostou? Que tal, nós te mostrarmos como potencializar os resultados dos negócios, priorizando a análise de dados?     Aprofunde-se ainda mais no tema baixando nosso e-book Design Driven Data Science!

 

 

 

 

 

Voltar