Fique por dentro! Assine nossa newsletter

12/10/2019
Por
MJV Team

Marketing Data-Driven: o que é e como funciona

O Marketing Data Driven evoluiu desde os dias da simples medição das taxas de rejeição e do custo por clique até o complexo Big Data de hoje, e os clientes estão exigindo experiência personalizada, apesar de usarem vários canais para acessar a Internet.

Neste artigo, além de explicarmos o que é e como funciona o Marketing Data-Driven, vamos demonstrar que benefícios ele pode trazer ao seu negócio!

O que é Marketing Data Driven?

Em bom português, Marketing Data Driven é o “Marketing orientado a dados”; uma estratégia baseada em insights extraídos da análise de Big Data, coletados por meio de interações e engajamentos de consumidores para formar previsões sobre comportamentos futuros. 

Isso envolve a compreensão dos dados que a empresa já possui e aqueles que ela pode obter; também diz respeito a como organizá-los, analisá-los e aplicá-los nos esforços do Marketing.

Em uma pesquisa recente da Econsultancy com milhares de profissionais de marketing em todo o mundo, as respostas mais populares sobre essa estratégia remeteram a ideia de que ele “se concentra no indivíduo”. E isso tem tudo a ver com o Marketing Data Driven, uma vez que o poder de aprofundamento no comportamento do consumidor é o grande trunfo dos métodos e das ferramentas empregadas nele.

Quais são os pilares do Marketing Data Driven?

O Marketing Data Driven está ancorados em alguns pilares. Eles são, resumidamente, os seguintes:

  • uma estratégia de dados que atenda aos imperativos estratégicos dos negócios;
  • promoção, treinamento e reforço de uma cultura orientada a dados;
  • definição e aproveitamento dos requisitos de capital humano e técnico disponíveis na organização;
  • utilização de plataformas de análise de dados (softwares de marketing, Business Intelligence, Analytics e aplicações de Big Data);
  • criatividade e disciplina na busca, seleção e priorização dos dados;
  • maximização do valor dos dados;
  • criação e manutenção de uma política de segurança da informação (para garantir proteção, qualidade e agilidade).

Que tipo de dados são usados no Marketing Data Driven?

Quase todos os dados corporativos são importantes, mas nem todos os dados são úteis para o Marketing. Em uma estratégia de Marketing Data Driven, presume-se que a priorização das informações relevantes seja determinante.

Em linhas gerais, classificamos os dados úteis no Marketing Data Drive de “dados comportamentais”. Eles são cada vez mais “flexíveis”, estão em constante mutação em razão das mudanças comportamentais das pessoas frente à tecnologia.

Os diferentes tipos de dados comportamentais são:

  • dados anônimos de terceiros: gerados por pessoas que visitam os canais digitais (site, principalmente) da empresa e geralmente são identificáveis ​​apenas pelo endereço IP. Esse endereço IP é mapeado para o nome da empresa, se possível. As empresas podem usar outras soluções para ajudar a transformar dados de intenção anônimos em dados de intenção conhecidos.
  • dados conhecidos de terceiros: gerados por pessoas que visitam o site e são conhecidas pelo nome. Talvez elas tenham preenchido um formulário no passado ou tenham fornecido suas informações de contato de outra maneira — permitindo acompanhar as ações delas no site e mapear essas informações para o perfil da empresa.
  • dados anônimos de terceiros — gerados por pessoas que visitaram outro site (que a empresa não gerencia). Deve haver uma indicação de que os dados são relevantes para seus próprios produtos para que sejam úteis porque contêm apenas informações de IP. Esses dados geralmente são adquiridos por meio de parcerias diretas ou fornecedores.
  • Dados conhecidos de terceiros: gerados por pessoas que visitaram outros sites e também forneceram suas informações através de um formulário de contato. O proprietário do site sabe quem eles são e vendem para empresas interessadas.

Que vantagens o Marketing Data Driven oferece?

Tanto as empresas quanto os consumidores podem ganhar muito ao adotar uma abordagem de Marketing Data Driven. 

Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa recente, os profissionais de marketing que estavam usando técnicas personalizadas excederam suas metas de receita, enquanto 83% dos profissionais de marketing que empregam campanhas orientadas por dados desfrutaram mais de 5 vezes o ROI dos gastos com marketing.

Confira, a seguir, quais são os principais benefícios: 

  • alto poder de personalização: criação de campanhas personalizadas que convertem leads por meio de um entendimento mais profundo do perfil do cliente;
  • conhecimento profundo do público-alvo: uso da riqueza de seu banco de dados para filtrar as informações mais precisas e acionáveis ​​sobre clientes e prospects; 
  • multicanalidade estratégica: aproveitamento dos dados para estender o alcance em várias redes e levar a comunicação além do e-mail;  
  • refinamento da experiência do cliente: pesquisas de satisfação do cliente e identificação de áreas específicas para melhoria — mergulhando nos dados para ir além do que as pessoas declaram;
  • melhoria no desenvolvimento de produtos/serviços: melhor compreensão de seu público-alvo, o que leva ao desenvolvimento de produtos mais adequados para esse mercado específico.

Que tal, você já conta com uma estratégia de Marketing Data Driven? Aprofunde-se mais neste tema: baixe agora o e-book Marketing Data Driven — Entenda o poder do Marketing orientado a dados!

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter