Fique por dentro! Assine nossa newsletter

07/29/2015
Por
MJV Team

Como aplicar Inovação nos espaços de trabalho através do Design Thinking

Para serem competitivas as empresas precisam, muitas vezes, desafiar seus próprios paradigmas. Buscar o aumento da produtividade é imperativo em um mundo com tantos estímulos concorrentes. Daí vem uma questão muito falada hoje: a inovação nos Espaços de Trabalho.

O espaço influencia comprovadamente no comportamento das pessoas, por isso é sempre importante ponderar os objetivos de uma atividade profissional quando se pensa em um local de trabalho. A qualidade do lugar destinado à produção tem consequências reais nos resultados.

Os desejos pessoais: da privacidade à socialização

Há um aumento progressivo da carga horária diária dentro das empresas. Os designers de espaço têm por isso muitos desafios tais como encontrar o equilíbrio entre os locais abertos e colaborativos e os locais isolados que favorecem a concentração.

Em uma fábrica na China, por exemplo, a produtividade aumentou de 10 a 15% com a colocação de cortinas que davam maior privacidade aos setores. Privacidade, assim como outros elementos, é uma necessidade para algumas equipes, mas desfavorece outras.

Os arquitetos podem ainda repensar o acesso à informação entre as equipes e colaboradores. A questão acústica, a organização do espaço, a direção das telas de computadores e até a localização e armazenamento de arquivos podem ser redesenhados.

Problemas como a necessidade de silêncio, o desejo de entender melhor outros setores e muitos outros são questões a serem consideradas na organização dos espaços.

O Design Thinking na Inovação nos espaços de trabalho

Levantamento de necessidades

O Design Thinking vai a fundo e conhece as necessidades das pessoas que fazem o negócio. Verifica-se a configuração dos departamentos que possuem papel central na realização dos objetivos estratégicos da empresa e a integração destes.

Hoje em dia, muitas empresas ainda precisam avançar na retenção de seus talentos e o engajamento dos seus trabalhadores. Através de um passeio pelas tendências mundiais vemos que os escritórios são pensados para estimular a colaboração, mas essa lógica tem gerado também sensação de falta de privacidade.

Para atingir esse equilíbrio, não basta reproduzir as tendências em voga no mundo, é vital entender o que se encaixa à cultura empresarial que povoará os espaços, tendo neles um campo fértil a sua própria forma de existir e crescer.

Abaixo um exemplo que tangencia os tipos de relações espaciais adequadas a uma grande empresa.

Como aplicar a Inovação em espaços de trabalho através do Design Thinking Espaços adaptáveis às necessidades de um negócio.

Para transformar o espaço é necessário conhecer os seguintes aspectos da empresa:

  • Qual o mercado no qual a empresa atua?
  • Qual é a sua cultura organizacional? Quais são os departamentos existentes e qual a relação entre eles?
  • Quem são as pessoas que integram essas equipes, seus níveis hierárquicos e as áreas com quem têm interface?
  • O que os atrapalha, o que os ajuda e em qual proporção?

O objetivo dessa pesquisa é conhecer o cenário a fim de criar espaços que ajudarão as equipes a vencerem suas ameaças e criarem novas oportunidades.

Pode-se considerar também alguns desafios encontrados atualmente tais como:

  • Espaços de trabalho cada vez menores;
  • Necessidade de maior conforto e ergonomia;
  • A falta de momentos de integração entre as diferentes equipes.

Além disso, existe uma correlação entre espaços e performance empresarial analisada pelo índice Workplace Performance Index (WPI), que avalia alguns pontos de eficácia para funções de trabalho e o tempo despendido, considerando atributos individuais de cada tipo de espaço.

Os resultados mostram que quando há um crescimento no índice WPI, esse é acompanhado por métricas empresariais, tais como lucros, posição no mercado, capacidade de inovação, engajamento de funcionários e percepção de marca.Formação de Espaços de Trabalho - Blog MJV

Estratégia de divulgação e uso dos Espaços

Implementar um ambiente de trabalho inovador em uma empresa requer atenção para que o espaço seja utilizado de maneira consciente. Nesse sentido, é preciso ainda desenvolver e cocriar estratégias de divulgação e uso desses espaços.

Já imaginou sua empresa assim?

Com ambientes dinâmicos, fazendo com que os funcionários se sintam mais à vontade com o que fazem e com o que os rodeia, e possibilitando a promoção do sentido de companheirismo, colaboração e compromisso entre seus colegas e respectivos gestores, as empresas podem gerar um grande engajamento e fazer com que seus colaboradores trabalhem mais e melhor.

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter