Fique por dentro! Assine nossa newsletter

09/05/2014
Por
MJV Team

6 razões para gamificar o fluxo de trabalho da sua equipe

A Gamificação – que corresponde ao uso de mecanismos de jogos na solução de problemas práticos ou para despertar engajamento entre um público específico – possui alguns pilares fundamentais, baseados em pontuação, quadro de liderança e troféus ou prêmios.

Esta metodologia vem sendo aplicada desde o ensino escolar até para fins terapêuticos.

Um estudo divulgado pela Universidade da Basiléia, na Suíça, identificou que implementar pontuação, níveis de dificuldade e possibilitar status de liderança como fatores centrais de uma atividade gamificada, especialmente em tarefas curtas e rápidas, pode aumentar a produtividade, sem comprometer o interesse dos participantes.

No ambiente corporativo não é diferente. As empresas são feitas de pessoas e as pessoas adoram jogos. Afinal, até aquelas que têm aversão a videogames, de alguma forma, adoram assistir a reality shows em que os participantes precisam vencer obstáculos em busca de um prêmio final.

Veja a seguir 6 razões para gamificar as atividades da sua equipe:

1 – Melhoria de resultados

Atividades gamificadas estabelecem um sistema de recompensas constantes e tangíveis que se traduzem em mais dedicação e, consequentemente, em melhores resultados. E as recompensas não precisam ser necessariamente monetárias, podendo ser reconhecimentos públicos, por exemplo;

2- Menor investimento em treinamentos

A Gamificação incentiva a replicação do conhecimento. Imagine um jogo em que os melhores colocados, além de serem reconhecidos, recebem autoridade para multiplicar o que aprendeu. Isso ajuda na redução de custos em capacitação, por exemplo;

3 – Profissionais mais orgulhosos de seu trabalho

Mais do que atingir metas de forma burocrática, cada projeto bem realizado representa a oportunidade de ganhar pontos. Ou seja, com atividades gamificadas, é possível motivar a equipe, tornando o trabalho mais lúdico e divertido;

4 – Profissionais mais satisfeitos

Quando as atividades fazem parte de um jogo, realizá-las com qualidade deixa de ser uma obrigação, pois cada acerto pode ser pontuado e se transformar em benefícios, prêmios e, principalmente, status perante os colegas;

5 – Reconhecimentos mais justos

O bom desempenho no jogo é uma maneira eficiente de ganhar visibilidade dentro da empresa. Isto estimula a meritocracia tão almejada pelos profissionais e que, muitas vezes, é vilipendiada nas empresas por falta de mensuração;

6 – Profissionais mais engajados

As pessoas se mantém engajadas quando as atividades são gamificadas. Um dos motivos é porque desmotivar-se ao longo de um projeto seria equivalente a abandonar um jogo pela metade, bem como todo o status e os benefícios atingidos ao longo do tempo.

CTA - Blog - Gamificacao

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter