Recentemente tivemos o avanço tecnológico mais importante da história, que impactou na digitalização dos negócios — afetando, principalmente, os comércios físicos. E para suprir a grande demanda por inovação e levar conhecimento aos seus consumidores, grandes e pequenos empreendedores têm desenvolvido produtos digitais

É só dar um Google que você vai encontrar os mais diversos tipos e formatos. Esses produtos passaram a fazer parte da criação de conteúdo e até dos treinamentos internos das organizações.

Mas e você, já pensou em utilizar essa opção na sua estratégia de vendas para a captação de novos clientes? Pensando nisso, nesse artigo falaremos de alguns pontos importantes e te daremos ideias de como criar produtos digitais. Confira!

O que são os produtos digitais?

Quando falamos de produto digital, pode-se entender como a oferta de uma empresa. Mas, essa oferta é desenvolvida no e para o ambiente digital, nos mais diversos meios e formatos.

Esse infoproduto, como também é chamado, possui diversas características e tem um impacto diferente do produto físico. O universo digital em que habita está em constante mudança e é necessário agilidade e adaptação para atender as demandas do mercado.

Quais são os principais tipos?

Antes de colocar a mão na massa é importante pensar em algumas características desse produto e qual o seu objetivo final. Dependendo desse objetivo, esse material pode ser pago ou gratuito e ainda variar o seu formato.

A seguir apresentamos alguns dos principais tipos:

1. Ebook

O ebook é, basicamente, um livro eletrônico. Com ele você pode compilar ideias ou criar um manual interativo.

Independente do conteúdo, ele pode ser curto, longo, simples ou complexo. Aqui o que realmente importa é que você consiga entregar valor para seu consumidor final.

Segundo a Veja, o consumo de ebooks teve um aumento significativo no decorrer da pandemia, entre 50% e 100%.

Confira a nossa biblioteca para se inspirar nos temas, modelos e formatos. Ela pode servir como uma fonte de referência nessa etapa inicial.

2. Cursos, workshops e eventos online

Quem nunca fez um curso online que atire a primeira pedra! Nos últimos anos o EaD, ensino à distância, se popularizou pela liberdade geográfica e o fácil acesso à informação. Plataformas como a Udemy cresceram muito pela facilidade de criar e subir o conteúdo.

Assim como os cursos, workshops e eventos online ganharam destaque. Tanto nas redes sociais — Instagram e YouTube —, quanto em salas de videoconferência — o Google Meet e o Zoom.

A diferença entre esses três produtos é que o curso pode ser um conteúdo de longa duração, com módulos. O workshop é algo mais rápido e dinâmico com atividades práticas, podendo durar poucas horas ou alguns dias. Já o evento online tem um tema central com profissionais palestrando sobre o assunto.

3. Podcast

O podcast é um conteúdo em áudio disponibilizado em aplicativos e plataformas de música. Um bom exemplo é o Spotify que possibilita gravar, editar e disponibilizar os seus episódios em formato áudio e vídeo através da plataforma Anchor.

Esse infoproduto pode servir como ponte entre a audiência e o seu site ou e-commerce.

Algumas dicas para ter um produto de qualidade:

4. Newsletter

Sim, a comunicação por e-mail ainda existe e é uma forma básica e essencial de contato direto com o consumidor. A newsletter é como uma mala direta enviada por e-mail.

Durante os anos sua forma de comunicar mudou. Com ela você pode ir além dos avisos e criar conexões dando acessos exclusivos a descontos, lançamentos e eventos. Compartilhar novidades sobre o mercado também pode estreitar a relação com seu público.

Hoje em dia, ter acesso ao e-mail de uma pessoa é como fazer parte do seu círculo de amigos. Então lembre de cuidar muito bem desse ponto de contato, envie apenas conteúdos relevantes para não lotar a caixa de entrada. Não queremos que o e-mail da empresa seja reconhecido como spam, certo?!

Por que investir no mercado online?

Segundo pesquisas, o acesso à internet no Brasil só cresce. Dados do portal Poder360 apontam que cerca de “82% dos domicílios brasileiros têm acesso à rede”.

Desde 2019 percebemos um grande aumento na produção de materiais que servem como um “remédio” para a dor do público.

Com a grande mudança no comportamento social, apontado pela Terra, as vendas pela internet devem crescer 9% até o final de 2022. 

Além disso, os infoprodutos têm um baixo custo de produção, pouco gasto de energia e representam uma fonte de renda passiva para a sua empresa, vendendo mais com menor investimento de tempo.

Eles podem ser usados para resolver problemas, tirar dúvidas, ensinar seu cliente e seu time de vendas e operações. As possibilidades são infinitas!

Como criar um produto digital?

São vários os tipos existentes, mas de uma forma geral é necessário entender o produto que se quer vender e quais equipamentos serão necessários para o seu desenvolvimento, sempre prezando pela qualidade e conteúdo relevante.

Tenha sempre em mente o seu tema principal e o objetivo final. Outro passo importante é entender o seu público-alvo, ou seja, quais são as necessidades dessa pessoa que terá acesso ao seu infoproduto? Esse produto soluciona essas dores?

Caso você precise de um empurrãozinho, pesquise um pouco e veja o que o mercado já está oferecendo. Essas referências podem te dar uma luz sobre qual caminho seguir. Sempre tem espaço para mais inovação

Depois, é só criar uma estrutura para desenvolver e, então, criar processos e pensar em estratégias que alavanquem as vendas através do seu site, das redes sociais e dos anúncios pagos.

Produtos digitais: os facilitadores da transformação digital

Migrar um negócio físico para o digital não é uma tarefa fácil! Por isso, temos um ebook que pode ser o seu melhor amigo nessa nova etapa do seu negócio. E o melhor, é GRÁTIS!

Em um dos capítulos, explicamos todo o processo de como desenvolver um produto digital pensando em três pilares para um produto de sucesso: um time engajado, um conteúdo acessível e uma experiência do usuário bem estruturada.

Para baixar e acessar o material Produtos Digitais: transforme seu modelo de negócio, basta clicar no banner abaixo!