07/30/2019
By
MJV Team

Como preparar sua empresa para o 5G

O 5G será uma realidade mais cedo do que a maioria das pessoas acredita, e as empresas precisam estar preparadas para tirar vantagem. 

No entanto, muitas organizações ainda não entendem como podem se beneficiar do 5G — de acordo com um estudo, 62% dos executivos do C-Suite citam a falta de conhecimento sobre os benefícios do 5G como a principal barreira à adoção da tecnologia. 

Entender como sua empresa pode se beneficiar do 5G é o passo mais importante na preparação para o seu lançamento inevitável. Há outros e eles serão mostrados ao longo deste artigo. Acompanhe!

O 5G vai exigir talentos, profissionais preparados

Cada nova geração de redes móveis trouxe novos recursos para usuários corporativos, desde o sistema de mensagens da 2G, o GPS da 3G e serviços baseados em localização, até os serviços de dados confiáveis ​​da 4G. 

Embora o 5G permita uma nova onda de comunicações industriais e máquina-a-máquina, é a conexão humana que mais importa: ter os recursos certos no local será crucial para permitir que as empresas aproveitem as velocidades, a latência e a cobertura aprimoradas. 5G trará. 

Apesar das previsões de que o 5G só chegará ao Brasil em 2023, as organizações podem começar a ter os talentos certos a partir de hoje para garantir que estejam perfeitamente posicionados para usar as redes da quinta geração para impulsionar seus negócios.

O 5G deverá trazer desafios no ambiente de trabalho

Juntamente com os seus benefícios potenciais, o 5G também abre algumas novas preocupações no local de trabalho. Nos próximos anos, novos dispositivos, aplicativos e sistemas operacionais aparecerão em um ritmo cada vez mais rápido. 

Neste novo mundo, o maior desafio será o BYOD (Bring Your Device, quando os colaboradores usam seus próprios dispositivos na empresa). O que todos estarão discutindo é: posso confiar neste dispositivo na minha rede e ele terá o potencial de atrapalhar meus negócios?

O 5G também poderia criar um desafio financeiro novo e incômodo para empresas que cobrem rotineiramente os custos da rede móvel para seus usuários BYOD. O 5G será mais caro, e isso pode levar a uma reavaliação de como essa despesa deve ser coberta pelo empregador.

Uma abordagem “preditiva” de segurança deverá ser adotada com o 5G

A chegada do 5G também levanta a necessidade de medidas de segurança ainda mais fortes. Não há dúvida de que o 5G aumenta a superfície de ataque porque permitirá/apoiará novos serviços. Haverá muitas outras maneiras para os cibercriminosos entrarem em redes corporativas.

Os especialistas no assunto sugerem adotar uma abordagem “preditiva” para a segurança 5G. Assim como as operações foram uma reflexão tardia para o desenvolvimento, levando a um mundo de DevOps, a segurança deve ser discutida ao mesmo tempo em que uma nova ideia está sendo discutida. Todos devem trabalhar em colaboração para resolver o maior problema enfrentado pelo sucesso da inovação em um mundo de 5G: a segurança da informação.

A antecipação ao 5G requer parcerias com especialistas

Outro ponto importante. Hoje em dia, já é difícil para as empresas gerenciar os tíquetes de serviços do dia a dia, e muito mais preparar redes para tirar proveito de tecnologias totalmente novas. 

Mas não se engane: o 5G vale a pena. E se preparar para ele significará algum investimento inicial em tempo e recursos. 

Para empresas que reconhecem a importância de se antecipar ao 5G, mas não querem realocar recursos internos que já podem ser dispersos, faz muito sentido fazer parceria com um especialista experiente em gerenciamento de redes, por exemplo.

Etapas acionáveis ​​para preparar sua empresa para o 5G

Por fim, simplesmente esperar que as operadoras implantem suas redes 5G não será suficiente. As empresas devem adotar medidas proativas para garantir que, quando as redes 5G finalmente estiverem online, estejam preparadas para aproveitar tudo o que elas têm a oferecer.

Aqui estão três etapas que, de acordo com diversos especialistas, devem ser atravessadas pelas organizações interessadas em tirar máximo proveito do 5G:

  1. Examine a missão e os objetivos da sua organização e comece a considerar o que você faria se não estivesse preso por fios, largura de banda lenta ou latência. Sua estratégia 5G deve incluir metas de desenvolvimento de curto prazo, médio e longo prazo, abrindo espaço para novos casos de uso e dispositivos e equipamentos que ainda não foram desenvolvidos.
  2. Entenda onde sua rede está agora com uma auditoria de rede. Determine o que você precisa fazer para otimizar sua estratégia 5G antes que essa tecnologia seja disponibilizada.
  3. Envolva-se em discussões com provedores sobre como eles podem fornecer os serviços que você espera precisar quando chegar a hora.

Sua empresa está preparada para o 5G? As reflexões que trouxemos neste artigo te ajudaram a visualizar os desafios que serão enfrentados e os passos a serem dados? Aprofunde-se mais neste assunto; baixe nosso e-book  5G: O grande salto de conectividade!

Ebook - 5G: O grande salto de conectividade

Voltar