09/30/2019
By
MJV Team

Armazenamento em nuvem: entenda por que essa é uma solução que vale a pena priorizar

Nenhuma empresa pode dizer que assumiu sua transformação digital se ainda não utiliza algum grau de armazenamento em nuvem.

Isso porque a virtualização do armazenamento é fundamental para potencializar estratégias importantes como a gestão orientada a dados.

Nesse artigo, vamos entender o que é armazenamento em nuvem, que vantagens essa prática pode trazer e como migrar para ela com sucesso!

O que é armazenamento em nuvem

O armazenamento em nuvem envolve a estocagem de dados em hardware. As empresas clientes enviam arquivos para um servidor mantido por um provedor de nuvem e deixam de usar unicamente em suas próprias infraestruturas. 

Os sistemas de armazenamento em nuvem geralmente abrangem centenas de servidores de dados conectados por um servidor de controle mestre.

A computação em nuvem também envolve clientes conectados à infraestrutura de computação remota por meio de uma rede, o que permite aos clientes aproveitar o poder de processamento de uma vasta rede. 

Vantagens do armazenamento em nuvem para o time de TI

O departamento de TI também obtém diversas vantagens com o armazenamento em nuvem. Veja, a seguir, quais são os mais significativos.

Menos preocupações técnicas, mais atuação consultiva

É um erro olhar para o armazenamento em nuvem como uma ameaça ao poder do departamento de TI. 

A maioria das atividades que a área realiza hoje ainda estará no seu escopo dentro de cinco a dez anos. A computação em nuvem atua como um complemento aos sistemas locais e não como um substituto.

Ao não se preocupar com questões técnicas relacionadas ao armazenamento dos dados, os gestores de TI e suas equipes finalmente chegam ao estado da arte: a atuação analítica. 

Eles têm mais tempo e recursos para agir de maneira consultiva e propositiva – uma TI bem mais estratégica. 

Otimização dos retornos sobre os investimentos

Uma das vantagens mais importante da nuvem está relacionada ao retorno sobre os investimentos (ROI). Com o armazenamento na infraestrutura local, é um desafio demonstrar resultados ao board executivo da empresa. 

Não é o que acontece com a nuvem! Bons provedores fornecem dashboards onde os gestores de TI podem acompanhar em tempo real diversas métricas relacionadas aos serviços contratados. Logo, é possível demonstrar com dados concretos como a TI está auxiliando a empresa no alcance de seus objetivos estratégicos.

O armazenamento em nuvem é uma evolução natural para as empresas em transformação digital. Ele deve ser aproveitado pelos times de TI para elevar a capacidades do negócio, mas também para potencializar os resultados da área. 

O armazenamento em nuvem já é uma realidade na sua empresa? Confira as vantagens da tecnologia para a sua empresa. 

7 vantagens de utilizar a nuvem na sua empresa

Mesmo que o armazenamento de dados local seja suficiente para sua empresa, vale a pena analisar as vantagens dessa estratégia, os resultados podem te surpreender. Confira, a seguir!

Redução de custos

A mudança para a nuvem reduz a necessidade de comprar discos rígidos, os compartilhamento que os contêm, as placas que alimentam a redundância de dados, a eletricidade que os alimenta e os serviços de garantia de hardware que os protegem.

Mas também corta custos ao reduzir o gerenciamento de hardware e software no local, simplificando o monitoramento e reduzindo a necessidade de um planejamento de capacidade extensivo. Em vez disso, os administradores podem se concentrar em outras tarefas mais importantes.

Automação

Um dos maiores desafios para os times de TI é criar backups de dados e agendar o backup para que as operações diárias não sejam prejudicadas. Com a tecnologia de armazenamento em nuvem, a tediosa tarefa dos backups de dados é simplificada por meio da automação. 

Você simplesmente tem que selecionar o que e quando deseja fazer backup e seu ambiente de nuvem irá cuidar do resto. Tudo pode ser automatizado e é possível obter relatórios periódicos. 

Segurança e recuperação de desastres

A maioria dos fornecedores de armazenamento em nuvem mantém várias cópias de seus dados, mesmo dentro de um único “data center”, e oferece grande durabilidade aos objetos para reduzir qualquer probabilidade de perda de dados. 

Mas, para quem procura ainda mais proteção, as opções de replicação geográfica podem fazer várias cópias de seus dados nas regiões. Alguns oferecem a replicação geográfica como uma opção de classe de armazenamento, enquanto outros são capazes de mover rapidamente os dados entre os datacenters. Seus backups estarão muito bem protegidos.

Serviço escalável

O armazenamento em nuvem permite dimensionamento vertical e horizontal. E o melhor: a empresa paga apenas pelos recursos que realmente usa. 

Você pode dimensionar seu ambiente de hospedagem em nuvem sempre que necessário e também pode definir os atributos de escalonamento. 

Isso garante mais flexibilidade e melhor previsibilidade de investimentos. Além, da tranquilidade de aumentar os recursos tecnológicos no momento em que as demandas aumentarem. 

Sincronização

Com o armazenamento em nuvem, os dispositivos diários podem ser seus pontos de acesso, como seu PC e seu smartphone. É possível acessar arquivos e sincronizá-los com qualquer dispositivo através de uma conexão com a internet. A tecnologia marca o fim do estresse de transferir os documentos de um dispositivo para outro.

Colaboração

A nuvem também é uma plataforma ideal para fins de colaboração. 

Um ambiente de nuvem permite que várias pessoas acessem, editem e colaborem em um único arquivo ou documento. Os usuários podem acessar de qualquer lugar do mundo e colaborar em tempo real. 

Isso significa que o time de TI, bem como os demais usuários do negócio, podem acessar com mais facilidade e agir remotamente se necessário. 

Usabilidade e acessibilidade

É fácil salvar todos os arquivos e dados na nuvem, não é necessário conhecimento técnico para essa finalidade. 

Os arquivos armazenados podem ser facilmente acessados ​​de qualquer lugar do mundo com apenas alguns cliques e uma conexão com a internet.

Voltar