Fique por dentro! Assine nossa newsletter

11/24/2016
Por
MJV Team

3 sinais de que sua empresa precisa repensar o planejamento estratégico

Marvin Bower, em seu livro The Will to Manage, define que o planejamento estratégico é muito relacionado ao ajustamento da organização ao seu ambiente, resolvendo problemas básicos, contornando as limitações, capitalizando vantagens herdadas ou desenvolvidas e aproveitando as principais oportunidades.

Você conseguiu enxergar oportunidades em algum desses aspectos? Caso sua resposta tenha sido positiva, saiba que existem muitas possibilidades de diversificar o formato tradicional de planejamento estratégico nas empresas.

Nessa postagem você vai saber mais sobre elas e conhecer alguns dos desafios mais comuns pelos quais as organizações passam ao criar seus planos para o futuro.

Em 1974, uma pesquisa conduzida pela American Management Association já revelava que a falta de conhecimento acerca da eficácia do que estava sendo feito ocasionava uma perda diária de US$ 400 milhões às empresas norte-americanas. Apesar de antiga, a pesquisa aponta uma situação muito comum às organizações atuais, relacionada à forma como planejam suas estratégias.

Um dos maiores debates globais hoje é como reduzir não só o desperdício de recursos materiais, mas também de “artefatos” ainda mais preciosos, como o tempo – um dos tópicos a ser contemplados num planejamento estratégico. Mas há outros pontos que precisam ser superados antes de chegar lá. Vamos a eles.

Possíveis desafios do Planejamento Estratégico

Muitas vezes, o processo de criar um planejamento estratégico é exaustivo e isolado, o que pode acarretar em distanciamento ou falta de engajamento dos membros da empresa na execução das metas estabelecidas.  Além disso, aspectos como a inovação podem ficar de fora por falta de preparação dos líderes que traçam o plano, seja por falta de tempo ou de conhecimento. A seguir, listamos 3 desafios que as empresas podem enfrentar ao elaborarem seus planejamentos.

Visão e capacitação das lideranças

Ações para capacitar liderançasComo mencionamos, a falta de conhecimento das lideranças pode deixar a inovação em segundo plano ou até mesmo prejudicar o foco e a eficiência do processo de planejamento. Na prática, isso significa uma dificuldade em enxergar novos caminhos e formas diferentes de fazer as coisas – seja para transformá-las em algo absolutamente novo ou para promover melhorias em processos já existentes, mantendo a competitividade e o valor.

Colaboração e integração das áreas

Em diversas ocasiões reforçamos a importância de reunir times multidisciplinares a fim de obter sua colaboração em processos criativos e decisivos para a empresa. No contexto de planejamento estratégico, a presença de pessoas com pensamentos e funções diferentes pode oferecer pontos de vista que as lideranças, sozinhas, não conseguiriam obter. Isso, por sua vez, pode tornar o plano mais próximo da realidade dos colaboradores e, assim, mais executável e engajador.

Definição clara de objetivos e metas

Pode parecer simples, mas um dos maiores desafios das empresas é declarar claramente  quais são seus objetivos e de que forma eles serão executados. Outro ponto é que muitas delas ignoram uma parte importantíssima desse processo: a mensuração do progresso e dos resultados desse processo.

Falamos acima de apenas alguns dos pontos que podem influenciar na efetividade do planejamento estratégico da sua organização. Mas um bom dever de casa para quem está buscando uma nova maneira de traçar um plano estratégico é tentar responder às seguintes perguntas (você pode usar o espaço dos comentários para isso!):

  • Como minha empresa está atualmente?
  • Para onde queremos ir?
  • Como podemos chegar lá?
  • Quem são os envolvidos nesse processo?
  • Como é o mercado no qual minha empresa está inserida?
  • Como medir os resultados no meio do caminho?

Caso haja dificuldade para responder qualquer uma delas, pode estar na hora de reavaliar a maneira como você está planejando o futuro de sua empresa. No próximo post, vamos falar de como o Design Thinking pode auxiliar nesse processo de forma colaborativa e organizada.

Acesso ao whitepaper Construindo o Futuro com Design Thinking

Voltar

Fique por dentro! Assine nossa newsletter